Minha Pequena Rajah

24 3 1

Eu não consegui te olhar e nem te tocar; e lá estava você na minha frente e já não respirava mais, não podia te ouvir ou sentir o seu calor, você esfriou tão rápido e meu coração soube acompanhar o ritimo.
Rajah, eu te escrevo, mas sabendo que escrevo apenas para mim. Você não sabia ler e nem podia, você não está mais aqui e sua alma nunca existiu. Rajah, eu sinto a sua falta; sinto falta de sua saliva em meu braço; do seu carente e meigo pedido de colo; sinto falta dos seus miados desesperados me chamando para dormir. Eu te amo e se muitos tivessem te conhecido, eles também te amariam.

Eu te homenageio com esse poema:

Sinto sua falta
E já não é mais a mesma
Seu calor era existencial
Agora!
Meu coração queima
Culpa?

De terra estranha e conhecida você chegou
Para terra estranha e conhecida você partiu
E tento encontrar motivos, mas
Logo os ignoro

Queria te ouvir

Queria que soubesse que você está melhor sem mim
Eu sinto sua falta, Rajah

- Sarah Brito

Só pensamentos Leia esta história GRATUITAMENTE!