Capítulo 24

847 74 12

A hora parece se arrastar devido a ansiedade que estou em ver Harry. Decido fazer algo para ocupar a mente. Junto as roupas sujas espalhadas pela casa com as do cesto e as separo devidamente, colocando as mais leves no tanquinho e as mais pesadas na máquina de lavar. Em seguida resolvo fazer uma pequena faxina, limpando os cômodos e lavando o banheiro. Duas horas depois paro diante o fogão e decido cozinhar algo. Macarrão me parece uma boa, além de prático e rápido, é extremamente delicioso.

Assim que termino de lavar as louças que sujei pra fazer o almoço, a campainha toca, meu coração acelera um pouco e eu suspiro com medo do que pode acontecer nos próximos minutos.

" Oi, princesa. " Harry me abraça.

" Oi. "

" Ih, o que foi que aconteceu? " Ele indaga enquanto entra em minha casa.

" Precisamos conversar. "

" Você já me disse isso, Chris. " Ele fala tirando seu casaco. " Mas será que eu não mereço nem um beijinho antes dessa conversa? " Se aproxima.

" Até merece. " Me afasto. " Mas não seria certo. "

" E por que não? Por causa do Liam? Hoje você será só do Liam, é isso? "

" Harry, não fala besteira. "

" Não é besteira, é o que tá parecendo. Se eu soubesse que seria descartado da sua vida por causa disso, eu não teria dado a idéia. Aliás, ainda dá tempo de desistir. "

" Não dá tempo de desistir, Harry. "

" Não dá ou você não quer? "

" Eu ... "

" Você o que? Gosta mais dele do que de mim? Não é preciso ser nenhum gênio pra saber disso. Mas eu pensei que tinha chances, por tudo o que a gente passou. "

" Harry, eu sinto muito. Eu realmente não queria gostar dele, não quero gostar, mas existe uma coisa chamada coração e nós não mandamos nele. "

" Então vá em frente, fique com ele. Quer que eu ligue para que ele venha e vocês possam finalmente fazer amor ? "

" Hazz ... " Sento em uma cadeira e coloco as mãos na cabeça.

" O que? Não me diga que vocês ... "

" Liam e eu transamos ontem. "

" Eu não acredito. Você nem ao menos conseguiu esperar. E eu acreditando naquela sua história de que também estava apaixonada por mim. Tudo bem, eu já entendi. A conversa que você quer ter é pra me dizer que ele é melhor de cama do que eu, e que você finalmente decidiu que está na hora de eu pastar. Já entendi tudo. " Ele fala pegando seu casaco e indo em direção a porta.

" Harry! Por favor. Não me deixa sozinha. " Eu imploro com lágrimas nos olhos. " Deixa eu te explicar, não é como você está pensando. E você só pode estar louco se acha que eu vou te mandar pra algum lugar, eu te quero bem aqui, comigo. "

Ele me abraça forte e eu choro como uma criança, deixo que toda a frustração da noite passada se esvaia. Ele me olha preocupado, me pega no colo e me leva até a cama.

" O que foi que aconteceu? "

" Eu pedi pro Liam vir até aqui ontem a noite porque eu não aguentava mais a confusão que estava a minha cabeça, queria que tudo se resolvesse rapidamente. Ele me trouxe flores, disse que estava apaixonado, que a nossa noite seria ótima. E até aí tudo bem. " Falo secando as lágrimas. " Mas ele começou a falar que faria o possível para que minha primeira vez fosse especial, ficou pedindo para eu deixar que ele me fizesse mulher e eu tentei contar que não era mais virgem, mas ele não me deixava falar e eu acabei gritando, acho que ele ficou irritado. Me perguntou se tinha sido com você e eu apenas confirmei. E então ele mudou da água pro vinho, me disse que provaria que era melhor de cama e bem, nós transamos. Ele estava com raiva, nem se importou com o que estava fazendo, parece que depois que entrou em mim ele só queria saber de seu próprio prazer. Eu pedi pra ele parar mas ele não me ouvia, estava consumido de ódio. "

" Ele forçou? "

" Não extamente. Eu queria. Mas depois ... quando ele estava estocando com raiva, eu pedi pra ele parar, mas ele não me ouviu. Eu me senti tão idiota. Não esperava que aquilo acontecesse. Ele foi tão ... bruto, babaca. "

" Ele te machucou? "

Permaneço em silêncio depois da pergunta de Harry, fitando a parede. Não sei exatamente se Liam me machucou fisicamente ou se só machucou meu coração. Acho que as duas coisas.

" Chirs. Me responde. Ele te machucou? "

" Um pouco ... " Respondo baixo.

" Eu vou matar esse filha da puta! Quem ele pensa que é?! Como ele pôde fazer isso? " Ele diz se levantando e dando um murro na parede. " Eu juro que vou quebrar a cara desse desgraçado. "

" Harry, não. " Levanto e o abraço, afundando o rosto em seu pescoço. " Não vale a pena. Eu só quero que você fique aqui comigo e cuide de mim. "

" Eu sempre vou cuidar de você, pequena. "

Ele se afasta um pouco e segura meu queixo levantando meu rosto para que eu possa olhar seus lindos olhos verdes. Tudo o que eu exergo é amor e sinceridade. Fico nas pontas dos pés e encosto meus lábios nos deles, passando a língua para provoca-lo, em seguida ele envolve minha cintura beijando-me apaixonadamente.

....

O Chefe || L.PLeia esta história GRATUITAMENTE!