32

402 31 7

Double updaaaaaaaaaate ehehehe (lowkey amei escrever este capítulo)

POV MARIA

Eu achava que já era crescida o suficiente para conseguir decidir entre que bebida escolher. Não queria acabar a noite bebeda, mas também não queria estar a beber água. Será que aquela bebida cor de rosa na taça tem álcool? Nunca saberei se não experimentar, não é?
Estava prestes a conseguir acertar com a colher cheia do líquido no copo quando o Pizzi falou atrás de mim, assustando-me. Entornei um bocado sobre a mesa e o chão, mas só mesmo umas pinguinhas.

"Desculpa, sujaste-te?" ele perguntou com alguma preocupação, puxando uns guardanapos para limpar a mesa e o chão.

"Acho que não" sorri, pegando num dos papéis e limpando a mesa, ele tratou do chão.

"E então, estás a gostar da noite?" ele pegou no copo e deu-mo

"Sim, qualquer altura que passe cont-convosco é sempre fantástica" falei, gaguejando na palavra 'convosco', porque quase disse 'contigo'. Levei logo o copo à boca. Podia ser que ele achasse que o tom rosa das minhas bochechas fosse o reflexo da bebida.

"E, a noite em si está agradavel" olhou para a rua e não pude discordar. Apenas corria uma aragem de vento e nada mais. "E depois também temos de falar da peça mais magnífica desta noite"

"Hum?" apontou para mim, mais precisamente o meu pescoço. Nem dei conta que estava a usar o colar que me calhou no amigo secreto "Oh, sim"

"Parece que foi mesmo a escolha acertada" ele tocou no pequeno pingente da rosa, um pequeno sorriso apareceu no seu rosto. Ouvi as pessoas gritarem o início da contagem decrescente para o novo ano. 10, 9 .

"Foi mesmo, acertaste e muito bem" sorri e olhei para o céu à espera de ver os foguetes. 8, 7, 6

"Maria?" 5, 4, 3

"Sim?" 2 e por fim 1. O fogo de artifício rebentou antes do tempo chegar ao fim do 1. Não o dos festejos do Ano Novo; mas aqueles dentro do meu estômago quando o Pizzi encostou os seus lábios nos meus.

Groupchat (Benfica)Leia esta história GRATUITAMENTE!