PARTE 06 Planeta Mãe 01 Fim da Jornada

53 6 0
                                          


Os demais Guerreiros dos Mundos chegaram ao fim da jornada e encontram Etéria, a Nave-Mãe. Zag, Montana, Zefilius, Prometeus, o Príncipe Mardan e outros estavam no portão principal esperando.

Todos passaram pelo portão e foram cumprimentados pelo Conselho da Nave, quando entraram foram para as acomodações dos guerreiros e também foram recebidos pelos amigos que já haviam chegado, pois conseguiram decifrar o Segredo do Jardim de Eva e não precisaram fazer a terceira fase,

Zag passou por eles e disse:

– Parabéns, a todos vocês sobreviventes do treinamento! Agora estão aptos a conhecerem o Planeta Mãe.

Eles ficaram em fila em frente de suas cápsulas, quando Zag passou, Davi, disse:

– Zag, muito obrigado por tudo. Eu estou muito ansioso para obter conhecimento no Planeta Mãe e levá-lo para meu planeta. Ter contato com seres superiores será muito proveitoso, para um cientista como eu. Sei que aprenderei muito com eles, poderei assim levar tecnologia e conhecimento superior para meu planeta.

– Quem disse que os seres que habitam o Planeta Mãe são superiores?

– Mas nós não estamos indo aprender com eles, para depois levarmos o conhecimento apreendido para o nosso planeta?

– Meu caro, quem é superior é o Planeta Mãe! O principal ser vivo de lá são meros produtores de gás carbônico.

– Zag, que absurdo! Os seres vivos no Planeta Mãe possuem muitas qualidades e são essenciais ao planeta, eles são desenvolvidos e possuem uma tecnologia ímpar.

– Montana, não seja boazinha, considero que daqui a algumas voltas das constelações eles não sobreviverão e no fim das contas isso será bom, pois o Planeta Mãe terá um tempo de descanso e quem sabe depois consiga se restabelecer e voltar aos tempos de glória.

Montana interveio e disse:

– Os seres que vivem lá se dividem em seres vivos inclinados para o bem e seres vivos inclinados para o mal, como em qualquer lugar do universo, no planeta de todos aqui presentes é assim, o que vocês aprenderão lá é a forma de vida, as condições do planeta e o conhecimento de cultura, literatura, música, arte que o povo do Planeta Mãe possui e é de grande valia.

Zag pediu a palavra e disse:

– Entendam, vocês precisavam ser treinados no limite para poder ir ao Planeta Mãe e não desistirem no primeiro problema, nós utilizamos muita energia para bular todo o sistema de segurança do planeta para podermos conviver no meio deles. Imaginem como se estivessem de férias dos seus planetas, serão tantos atrativos no Planeta Mãe que depois quando voltarem para seus planetas levarão o que aprenderem para melhorar a vida dos seus semelhantes. – Todos os guerreiros ampliam o sorriso. – Isto se voltarem, pois se tiverem bom comportamento, não infringindo as regras, poderão viver o resto de suas vidas por lá, lembrem-se, ninguém pode saber que vocês são Guerreiros dos Mundos e que não são nativos do Planeta Mãe.

– Eles não sabem que estaremos lá? Se são tão inteligentes como não sabem camuflar como vocês? – Davi interrogou Zag.

– Não sabem hoje, a biblioteca que continha todo o conhecimento sobre a navegação entre os mundos foi aos poucos sendo destruída por quem detinha o poder no Planeta Mãe, este conhecimento foi perdido, eles também faziam viagens num tempo bem remoto do passado deles, mas hoje não sabem mais nada sobre este feito e é melhor que fique assim, pois poderiam denunciar a localização do Planeta Mãe. Outra coisa, aproveitem, pois chegará o tempo no qual não poderemos mais viajar para o Planeta Mãe, pois os seres que vivem lá estão maculando o planeta.

Guerreiros dos Mundos - Em Busca do Planeta MãeOnde as histórias ganham vida. Descobre agora