03 A Caverna

54 7 0
                                          

Todos os gigantes correram na direção que Esperantiel apontou e procuraram pelos guerreiros. Enquanto isso, os guerreiros correram em outra direção,entraram numa caverna, o chão se abriu e alguns caíram num buraco tão fundo que por algum tempo permaneceram caindo, os que ficaram para trás puderam ouvir os gritos.

– Eu não vou entrar aí não. – Disse Gator.

– Deixe de ser covarde, eles entraram, vamos também!

– Zoraide, se você quiser ir vá, eu e quem quiser ir comigo vamos por outro caminho. –Disse Paratodo.

– Quem vem comigo? – Em vão questionou Zoraide.

Ninguém se prontificou entrar com a guerreira na caverna. Ela entrou, o chão se abriu e ela também caiu no buraco como os outros. Os primeiros estavam desacordados no chão, logo depois Zoraide também se juntou a eles.Quando acordaram perceberam que estavam em uma grande gruta de chão úmido. Davi levantou e falou com os outros para ver se estavam bem.Ele percebeu que a amiga Zoraide também estava ali, então foi até ela.

– Como você veio parar aqui? –Ele falou com a amiga que estava um pouco desorientada. Ela sentou,passou as mãos nos olhos e começou a explicar:

– Nós ficamos o tempo todo do lado de fora da caverna dos gigantes, quando vimos vocês saindo os seguimos, mas somente eu tive coragem de entrar na caverna.

– Minha amiga, que bom que você veio, eu já estava preocupado se ainda iríamos nos encontrar.

– Não pense na possibilidade de eu deixar você ir para Planeta Mãe sozinho.

Os amigos se abraçaram,de repente eles ouviram gritos e Gator, Paratodo e outros caíram próximos a eles desacordados. Zoraide foi até eles e quando abriram os olhos ela disse:

– Então,vocês desistiram e voltaram para a caverna?

– Estranho, Zoraide,nós não entramos na caverna com você, pois achamos que Davi e os outros haviam morrido. – Respondeu Paratodo.

– E como todos vocês vieram parar aqui?

– Isto é que é estranho, nós continuamos a correr, encontramos em uma caverna que parecia calma e com pouco tempo de caminhada um buraco se abriu no chão e caímos aqui.

– Realmente é estranho, o que vocês acham disto? – Zoraide indagou os amigos,Davi e Cafil.

– Penso que devem existir pontos que temos que passar, talvez este seja um.

– Concordo com o Davi, devem existir vários locais na floresta que trazem os guerreiros para o mesmo ambiente. Acho que li algo sobre isto, de pontos comuns ao treinamento. No caso, todos vão cair em alguma passagem que os trarão para este lugar.

Enquanto os novos guerreiros que caíram estavam se recompondo, Cafil continuou falando.

– Achoque devemos dar uma olhada neste lugar, analisar as possibilidades para decidirmos qual caminho seguir.

Todos concordaram com Cafil e foram observar o local no qual estavam. 

Guerreiros dos Mundos - Em Busca do Planeta MãeOnde as histórias ganham vida. Descobre agora