10

1.4K 100 30

Eu odeio Aaron Thompson. Não.

— Você sabe que hoje à noite vamos sair, não é? — Aaron deu uma risadinha pelo telefone.

— Me desculpa, eu não posso ir com você.

— Mas por quê? — Sua voz pareceu desanimada.

— Porque eu vou com Christian. — Mordi o lábio, eu odiava saber que estava machucando ou desafiando Aaron.

— Ótimo.

Me joguei na poltrona de couro que não me proporcionava nenhum conforto no momento, minha cabeça doía mas não mais que o meu coração que parecia minúsculo dentro do meu peito. Eu queria chorar, explodir, ficar sozinha, eu queria estar com Oliver.

Quando o relógio apontou seis horas, eu não esperei para correr para o estacionamento e pegar meu carro. Eu queria um tempo para pensar, respirei fundo antes de ligar o carro em direção a Midtwon.

— Eu tenho uma festa essa noite. — Me joguei no sofá enquanto bebericava o copo de leite.

— Deve ser por isso que chegou esse vestido aqui em casa.

— Vestido? Do que você está falando?

— Hoje pela tarde eu estava arrumando uns projetos aqui e chegou essa caixa, tem um bilhete mas eu achei melhor você ler.

"Para você usar esta noite, espero que não me decepcione senhorita Campbell. Espero ver você rodopiar nos meus braços com esse vestido.

Com amor, Aaron."

O vestido era mais brilhante que nunca, tinha diversas pedras prateadas no decote enorme, com um estilo cauda de sereia nos tons vermelhos escuros que tornava o vestido elegante. Linda me olhava boquiaberta, balançava a cabeça como se estivesse aprovando enquanto dava pulinho.

— Eu não posso usar isso porque eu vou com Christian, se ele quiser ir comigo.

— Você vai com esse vestido e vai dançar com Aaron.

— Você quer que eu seja expulsa ou morta daquela empresa?

— Uma dança. — Linda suplicou.

— Tudo bem, uma dança.

— Eu e Jayden vamos acompanhar todo o evento na televisão .

Linda havia arrumado meu cabelo em um penteado alto que deixava os cachos soltos, o vestido combinava com os louboutins de salto prata. Eu estava apreensiva e confusa, esperei Christian chegar parada em frente à porta, não consegui esconder o nervosismo e senti meu corpo tremer.

— Você esta belíssima! — Christian sorriu ao me ver.

— Você também está muito elegante, me desculpa te convidar assim tão repentinamente.

— Não foi incomodo nenhum, eu adoro sua presença.

— Obrigada por isso, você sabe como Aaron adora que o pessoal da empresa compareça nesses eventos.

A Red Party se caracterizava por exigir que todos os convidados estejam usando vermelho, a decoração sempre era muito inovadora e contava com detalhes impecáveis de extremo luxo. Segurei o braço de Christian enquanto posávamos para as fotos de entrada apesar de toda situação me deixar um tanto desconfortável, eu já deveria ter me acostumando.

Aaron parecia ainda mais iluminado, estava no topo da escada do hotel onde a festa acontecia, seus olhos brilhavam no meio da vermelhidão, o terno aveludado em diferentes tons de vermelho entravam em contraste com o cabelos loiros que estavam soltos e bagunçados como ele gostava. Seu olhar encontrou o meu rapidamente, bateu os dedos com força no corrimão assim que olhou para Christian.

Doce SeduçãoLeia esta história GRATUITAMENTE!