06 As Regras do Treinamento

87 11 0
                                          

Zag saiu e foi ditar as regras do treinamento para os aspirantes a Guerreiros dos Mundos.

– Olá meus queridos Smoshons! Hoje estou especialmente feliz em ditar as regras do jogo para vocês – Todos ouviram atentos ao que Zag falava, Montana vinha logo atrás – Vocês são seres valentes e sábios, selecionados em seus mundos como intrépidos guerreiros.Primeiramente informo que todos já estão adaptados ao Smoshon, agora vocês terão a oportunidade de escolher as formas que mais lhe agradem. Será baixado um painel espelhado para que vocês visualize me modifiquem o Smoshon como quiserem, podem escolher seus nomes também. Depois clique no botão vermelho que o painel irá se mover e passar através de vocês e ao retornar, as mudanças serão aplicadas ao Smoshon de cada um. Você como quer ser chamado? – Zag se virou para Davi.

– Meu nome é Davi.

– Escolheu um bonito nome, Davi.

– Não escolhi, quem escolheu foram meus pais e este aqui que está na frente do espelho não sou eu, não tenho cabelo vermelho.

– Claro que não é você. É seu Smoshon meu caro, mas você poderá adaptá-lo para ficar o mais próximo do que você era antes. É só clicar na tela do seu painel espelhado e ir modificando o que quiser.

– Davi,será dado a oportunidade de você desistir e voltar para seu planeta. – Montana disse.

– É claro que vou desistir desta loucura!

– Por Astelion, você fará o que é correto! Fico maravilhada, pois o seu planeta não estava na rota da nossa nave. Nos perdoe pela captação.

Zag aguardou que todos fizessem suas modificações.

– Como eu estava falando caros Smoshons, agora que escolheram a forma que mais gostaram, vou continuar explicando e vocês terão a possibilidade, depois do treinamento, de viver no Planeta Mãe para então levar para seu mundo o melhor do Planeta Mãe e da Galáxia Celestial. Esse planeta é a maior maravilha do universo, igual a ele não existe. Há vida inteligente em diferentes formas, uma grande variedade de espécies no solo, no ar e nas suas águas, pois a temperatura e tudo nele contribuem para a vida. Não é como o planeta de vocês e lá poderão aprender e levar o conhecimento da cultura e da tecnologia também. Claro que há situações que apenas poderão ser desfrutadas por vocês, mas o que for aprendido com a fauna e a flora do Planeta Mãe será de grande valia para seus semelhantes. Há muitos séculos fazemos isto e tem sido muito proveitosa essa estadia, mas para isso terão que enfrentar o treinamento na Galáxia do Boto.

– Uma dúvida, há planetas habitáveis na Galáxia do Boto?

– Claro Davi, se não existissem, não haveria treinamento! Continuando,depois que terminarem o treinamento estarão liberados para seguirem para o Planeta Mãe. Em cada fase do treinamento vocês receberam uma vida extra que se acumula, serão três fases mais ou menos uma por ano do Planeta Mãe. Depois de iniciados não poderão desistir. Na última fase existe o Jardim Secreto de Eva, no qual se for descoberto o segredo vocês serão transportados para a parte final da terceira fase levando-os direto para o encontro com Etéria. Se o segredo não for descoberto, os guerreiros seguem a fase normalmente.Alguma dúvida até aqui?

Nenhum dos guerreiros disse nada, por isso Zag continuou a explicação.

– Estando no Planeta Mãe, vocês viverão como os seres vivos superiores do planeta, por isto, os nossos Smoshons, caso queiram retornar para o planeta de vocês é necessário apenas procurar um portal para ser teletransportado e dizer "eu reseto", dessa maneira a nave suporte captará seu corpo, se já houver passado dez anos os enviará para seu planeta com sua antiga forma. Alguma pergunta?

– E se eu resetar antes dos dez anos no Planeta Mãe e como saberei onde há um portal? –questiona o guerreiro que se identificou como Paratodo.

– Se resetar antes dos dez anos o seu corpo ficará na nave suporte de Etéria até completar os dez anos e será remetido ao seu planeta depois disso. Quando forem colocados no Planeta Mãe, será dado um pequeno manual que vocês terão que estudar no planeta com o mapa local para poderem saber onde ficam os portais, mas há um portal bem simples que são os mares do planeta. Outra coisa, caso ocorra algum acidente e o Smoshon for morto sem que vocês possam evitar, existem agentes no Planeta Mãe que irão dar um jeito de resgatar o corpo de vocês sem que os nativos possam descobrir que se trata de um Smoshon. No entanto, neste caso de morte acidental dependerá do tempo que o Smoshon tiver sido morto e do resgate, pois na grande maioria de vocês o corpo não dura muito tempo no Planeta Mãe sem a proteção do Smoshon.

– E se perder a primeira vida na primeira fase do treinamento? – Mazeo,outro guerreiro se apresentou e indagou.

– Você ficará com sua vida mãe e se perdê-la morrerá no treinamento.

– Depois dos dez anos no Planeta Mãe voltarei para meu planeta, mas em que época? Lá já terá passado quanto tempo? Vocês fazem viagens no tempo? E a propósito, como viagens no tempo são feitas? –questiona afobado Davi.

– Calma,uma pergunta de cada vez. Primeiro, o segredo das viagens no tempo é de conhecimento apenas da cúpula superior da Nave-Mãe. Neste tempo presente só dominamos viagens para um tempo recente no passado. Não posso explicar para os Guerreiros dos Mundos. Segundo, o tempo do treinamento é mais ou menos três anos do Planeta Mãe. Vocês serão colocados no Planeta Mãe dez anos antes do tempo presente que terminarão o treinamento. Assim, quando passar os dez anos, vocês poderão retornar para seu planeta e só terá passado três anos do Planeta Mãe, mas o tempo passa diferente em cada um dos planetas, se quiserem podemos calcular individualmente. Entenderam? – Eles afirmaram que sim – Outra coisa, colham e comam muitas frutas pelo caminho do treinamento e sempre as guardem quando puderem. Elas são fontes de alimento e a água a maior riqueza do universo é escassa,mas cuidado nem todas as frutas são comestíveis. – Zag finalizou.

– E se não quisermos voltar para nosso planeta de origem? – Grostin se apresentou e perguntou.

– O ideal é que retornem para seu planeta e levem conhecimento, mas se forem bons viventes entre os seres do Planeta Mãe poderão ficar o resto dos seus dias lá.

– Davi,lembre-se de desistir, ou melhor, que você pode desistir. Desista! –Montana insistiu.

– Senhora,sou um cientista e isto ficou muito interessante agora, decidi que quero passar por esta experiência!

– O treinamento é muito perigoso, muitos não sobrevivem. O seu planeta não estava na rota de captação, você não deveria está aqui!Desista!

– Entendo sua preocupação, mas a decisão é minha! Sou ávido por conhecimento, não posso perder essa oportunidade.

– Me ouça, desista!

– Montana,não temos permissão de influenciar na escolha de um aspirante a Guerreiro dos Mundos. – Zag a interrompeu severamente.

– Você sabe que o planeta dele não estava na rota. Afinal o seu problema é com com o príncipe ou com o Davi?

– Está vendo coisas onde não existem, além disso ele estava no lugar da captação e se quiser seguir em frente, ele seguirá.

– Isto é um absurdo! – indignada Montana se afastou.

– Você é muito certinha, Montana. Deveria se chamar a fêmea da rota. –Zag continuou – Todos sentem-se. Quem estiver disposto a fazer o treinamento para Guerreiros dos Mundos, levante! Quem não quiser permaneça sentado que logo após será captado pela cápsula e desativada a transformação. Depois que for iniciado o treinamento,quem desistiu será redirecionado para seu mundo.

Montana ficou de longe observando Davi. Ele a viu, mas levantou e disse:

– Obrigado, Zag, por me dar esta oportunidade, eu não me importo que meu planeta não estivesse na rota, fui escolhido e preciso fazer isto pela Terra.

Zag não respondeu,apenas lhe deu um leve sorriso.


– Parece que ninguém desistiu do treinamento.

Guerreiros dos Mundos - Em Busca do Planeta MãeOnde as histórias ganham vida. Descobre agora