- Então... Os comandantes dos outros países envolvidos no tráfico, os que estão do nosso lado, prenderam dois deles hoje. – ele sorriu. – não foi fácil. Mas ainda assim, haverá uma reunião daqui a pouco com os chefes.

- Fiquei sabendo, mas Bento pode adiar por causa da minha fuga com Sky. – falei.

- Não. Ele só trocou de lugar. Será ai a reunião. – Irvin apontou para a agência. Incrível como Irvin era esperto, digno de um capitão, a gente sempre pensava que ele não estava fazendo merda alguma, mas na verdade ele sabia mais do que todos nós. Ele age nas sombras, é rápido. Ele riu e me olhou.

- Você nem sabe o que eu fiz cara. – disse ele. Quando estávamos só eu e Irvin, nossa conversa era bem informal, muito ao contrário de quando estávamos com o resto da equipe, dos soldados. Andávamos todos em formação e as continências eram obrigatórias. Mas, quando estávamos nós dois, era mais papo de irmãos. Bem informal.

- O que você fez? – perguntei.

- Bolei toda uma estratégia para Bento e sua gangue pensarem que eu e minha equipe íamos dar no pé daqui. Enganei Kate.

Eu sabia que ele tinha um plano, nem fiquei surpreso, mas eu queria saber mais.

- Explique... – falei olhando-o.

- Eu já sabia que ela era uma espiã de Bento, então chamei ela e disse que eu ia recuar porque tinha um chamado urgente na Europa. Falei para o resto dos agentes inventarem uma nova missão na Europa, mas que depois voltaríamos ao caso dessa quadrilha. Ela acabou acreditando e foi correndo contar pra aquele delegado miserável. Bento com certeza ficou sabendo e pensa que nós estamos longe daqui.

Bati palmas e logo sorri.

- É por isso que você é o chefe... Então agora com certeza Bento não desiste dessa tal reunião com os chefes do tráfico. Você armou a emboscada perfeita Irvin. – falei.

- Espero que dessa vez dê certo... O filho da puta é esperto, sempre dá um jeito de fugir. – ele disse e continuamos a observar a entrada da agência esperando o momento exato de pegar todos eles.

*~*~*~*~*~*~*~*

Cheguei primeiro no esconderijo de Dimmy. Lembrei que ele disse sobre a chave extra perto da lixeira e fui lá pegar. Alexis e os outros já estavam esperando. Achei a chave e fui abrir a porta, entramos e logo eu tranquei a porta. Expliquei para todos eles sobre quem era Dimmy, contei todos os detalhes.

- Então aqui nós não estamos em perigo, Sky? – perguntou Vicky. Konan estava sentado com ela no sofá.

- Não... Ta tudo bem agora. – sorri e vi Norah na cozinha com Alexis. Ela estava fazendo algo para ele comer.

Fui até lá.

- Deixa Norah, que do meu homem eu cuido. – falei e dei uma piscadinha para ela.

Alexis revirou os olhos.

- Relaxa, eu achei frutas aqui, vou fazer uma vitamina para ele. – falou Norah.

- Deixa Sky. Ela já estava fazendo. – ele disse e sorriu para Norah.

Mas que cassete! Me dá um ódio quando ele defende essa Norah.

Respirei fundo e assenti.

- Okay. – sai de perto dos dois.

No momento seguinte eu ouvi um estalo na porta, alguém estava abrindo-a. Peguei a arma que eu tinha e mirei pra porta, todos me olharam assustados e logo olharam para onde eu estava mirando. Quando a porta se abriu um sorriso formou-se em meu rosto.

Sky [COMPLETO]Leia esta história GRATUITAMENTE!