Capítulo 43

185K 14K 6.6K
                                                  

Por Emma

Acordo já querendo dormir novamente. O dia anterior foi muito cansativo... Acordar cedo para me arrumar para o casamento, ir para o casamento, ficar no casamento, dançar no casamento e por aí vai..

Mas a idiota aqui invés de dormir o resto da madrugada, resolve levantar pra pensar na vida. Me levantei, peguei uma taça de vinho e fui para a sacada, Londres é um lugar muito frio. E a idiota aqui resolveu ficar no frio só de robe. 

Só fiz merda nessa madrugada, como por exemplo: quase transar com o Bran no sofá.

Só posso ter merda na cabeça mesmo, só isso. Porque não tem cabimento ser idiota desse jeito não.

Qual o meu problema? Eu não percebo que isso só vai me destruir? Merda, merda, merda... Bran ama outra, Bran ama a Vacaranha. Não eu.

E a cada dia que passa começo a sentir algo mais forte por ele. Não acredito que isso vai acontecer comigo. Até parece coisa de livro de romance... A garota gosta do garoto e ele não gosta dela e começam a namorar de mentira, ai eles começam a sentir atração um pelo outro, ele volta com a ex, ela sofre, ai ele percebe que não gosta mais da ex e sim da garota do namoro de mentira e se declara pra ela e fica com ela no final... Aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee super daora, nas ficcções. Porque na vida real é diferente, resumindo eu vou me fuder com toda a certeza do mundo. Que merda, vou sofrer. E não terminarei com o principal da história. Terminarei sozinha, na bad eterna..

Meu Deus, que quê eu to falando???

Viajei legal.

Pego meu celular e vejo as horas.

11:00.

Resolvo me levantar para me arrumar, já que almoçarei na casa dos Delaney. Tomo um banho e lavo o meu cabelo deixando com seus cachinhos naturais, coloco uma saia preta com uma blusinha branca, calço uma bota cano médio preta e um casaco cinza. Faço uma maquiagem básica e passo um batom roxo matte.

Saio do quarto e vou para a cozinha, pego um suquinho de caixinha na geladeira e abro um pacote de biscoito recheado

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

Saio do quarto e vou para a cozinha, pego um suquinho de caixinha na geladeira e abro um pacote de biscoito recheado. Me sento na bancada, tive que dar uns três pulinhos para conseguir subir... vida de baixinha é foda. Pego meu celular e resolvo conversar com a Morango, tem tempo que não tenho notícias dela.

Ligação On...

-  Alô?

- Morango?

- Emmaaaaaaaaaa sua vaca, que saudades de você... Esqueceu que tem melhor amiga né sua cretina.- ela falta gritar comigo pelo telefone.

- Ai Sarah, me desculpe... É que tava um pouco corrido aqui.- digo.

- Sei dona Emma, sei... Mas enfim, como você está meu amor?- ela pergunta.

Amores Londrinos (1) - A Garota Do Quarto Ao Lado (Concluído)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora