2º Capítulo

*Niall POV* 

Foquei-me naquele olhar sereno e naquele sorriso de uma impressão natural. Será que ela desconfiava que eu é que sou o Príncipe Irlandês dela? Ou apenas pensa que sou o mero vizinho que não se importou de a ajudar até casa? Agora que penso nisso... A nossa relação baseia-se num grande mistério... E se simplesmente ela tiver alguém em Portugal desejoso de que ela passe toda a sua vida nos seus braços? E com isso não me refiro à sua família. Talvez um namorado ou um namoro complicado e mal resolvido. Um namorado... Oh How I wish that was me...Deixei-me ficar encostado à porta de casa vidrado na casa de Mara, como é que eu lhe iria contar que eu sou a pessoa com quem ela tem falado este tempo todo? Não consigo...Nem posso. E se ela está à espera de outra pessoa e eu a desaponto? Ela não merece ser magoada, nota-se no seu perfeito e sereno olhar que já passou por tanto. Quebrei os meus pensamentos assim que caí no chão... A minha mãe tinha aberto a porta depois de me ter visto pela janela da cozinha. 

Maura - O que estás a fazer Niall James Horan? - apareceu a minha mãe com a mão posicionada na sua anca. - Porque demoraste tanto? - olhou-me furiosa. 

Eu - Ham....Ham....Ham... - olhei uma última vez para a casa de Mara e fui arrastado para dentro de casa pela minha mãe.

* Niall POV OFF* 

Depois de arrumar todas as compras deitei-me no sofá com o computador no colo, será que o Príncipe Irlandês já tinha respondido ao meu recente e-mail? Abri a página web da internet, introduzi o e-mail e a password e esperei até entrar na caixa das mensagens e enquanto isso batia com as unhas no rato do computador impacientemente. Finalmente tinha aberto e foi então que vi que tinha um e-mail por abrir.... Era ele... Era o meu Príncipe Irlandês.

*email*

Hey Mara!

Fico muito feliz por saber que já cá estás e que vais frequentar a mesma escola que eu. Segunda-feira irei finalmente saber quem és. Serás a "rapariga nova" e não será difícil descobrir-te. Com o tempo tu saberás quem sou, mais cedo ou mais tarde o mistério irá acabar. Vejo-te segunda.

Beijos. Adoro-te!

N. Príncipe Irlandês

*email*

N.? Deve ser a inicial do nome dele. Só pode. Bem, ao menos não vou ter de procurar em todos os rapazes da escola, só nos começados com N. Terminei a sessão, fechei a página e desliguei o computador e fui à cozinha fazer uma sandes. Era hora do lanche e eu nem tinha almoçado. Comi e fui para o meu quarto, descalcei-me e depois dentei-me na minha cama, precisava de descansar e era isso que eu ia fazer.

(...)

Acordei pouco tempo depois com o som da campainha. Desci as escadas ainda descalça e abri a porta. Deparei-me com uma bonita senhora loira.

Eu – Boa tarde!

Senhora – Boa tarde minha querida, sou a sua vizinha do lado e vim dar-lhe as boas-vindas. Trouxe um bolo.

Eu – Muito obrigada, não era preciso. – sorri-lhe.

Senhora – Claro que era, sou a Maura. – sorriu-me de volta.

Eu – Mara Silva Lobo, muito gosto em conhecê-la.

Maura – O gosto é todo meu. O que acha de vir jantar a minha casa? O meu marido e os meus filhos iriam gostar muito, o Niall até é da sua idade. (aqui os pais do Niall são casados)

Eu – Ah sim, eu já o conheci quando fui ao supermercado, muito obrigada pelo convite mas vou ter de recusar fica para outra altura.

Maura – Por isso é que ele demorou tanto. – sorriu. - É uma pena.

Love From a Click Away [PARADA]Leia esta história GRATUITAMENTE!