20. A Garota e o Golfinho

57 1 0

Uma garota que tem tanta fascinação pelo golfinho e pelo oceano. Um golfinho amigo. Uma amizade que veio do mar. Estou falando de Sabrina e o golfinho Flipper, o golfinho que era do Sr. Sandy Ricks, que descobriu esse golfinho quando garoto. E não é que se trata de uma aventura e tanto!

Sob o sol do litoral da Flórida (EUA) - Florida Keys - banhada pelo mar azul cristalino, vive uma garota e seu golfinho. O nome dessa bela garota é Sabrina Mae Thalassos, filha de Douglas Thalassos (de descendência grega) e de Antillia (uma das habitantes da Atlântida) - de ancestria atlante. O nome de seu companheiro é Flipper, o golfinho cujas habilidades aquáticas são tão ótimas quanto as de Sabrina, que também sabe nadar, além de respirar tanto água quanto ar (ela é humana semi-anfíbia). Certo dia, quando Alexander "Sandy" Ricks, um mergulhador e encantador de golfinhos, que estava mergulhando no mar, de repente ele viu uma garota de seus 17 anos cujo seu dom é falar com os golfinhos e nadar como eles - e que também estava nadando com o golfinho Flipper. Era Sabrina, uma encantadora de golfinhos que sabe muito nadar sem o auxílio de um equipamento de scuba... e praticando apneia e sereismo. (Incrível!) Sandy então foi até onde está a bela Sabrina, foram até a superfície e é aí que os dois se conhecem e - com Flipper - tornam-se amigos.

SANDY: Você fala com golfinhos... e com Flipper?

SABRINA: Sim. E também sei nadar.

SANDY: Mas sem equipamento de scuba?

SABRINA: Sem, porque sou quem respira ar por aqui na superfície e água sob o mar. Sou humana semi-anfíbia de ancestria atlante com um dom de nadar e falar com os golfinhos. Me chamam de sereia por causa do meu dom de nadar daquele jeito.

SANDY (surpreendido): Uma sereia... Eu não sabia que uma garota como você tivesse esse dom.

Sabrina conta a seu amigo Sandy que a pulseira de sua mãe Antillia sumiu havia três anos e meio no fundo do mar quando Antillia foi sequestrada e morta pelos bandidos. Sandy recorda que ele tinha visto três bandidos (um branco e dois latinos) que havia sequestrado a mãe dela e jogado no mar essa mesma pulseira que era feita de prata e enfeitada de pérola e diamantes - e que agora ele, Sabrina e Flipper precisam resgatar a pulseira no fundo do mar.

E lá se vão Sandy, Flipper e Sabrina mergulhando sob as águas do mar azul da Flórida!

Nas profundezas do mar (a 90 metros de profundidade), Sabrina e seu golfinho Flipper conseguem nadar bem fundo e encontram a pulseira de sua mãe Antillia, mas o mesmo não acontece com Sandy, que aos poucos quase morre afogado. Sabrina, já com a pulseira de sua mãe em seu pulso - e com a ajuda de Flipper - salva a vida de Sandy, e Sabrina e Flipper conduzem Sandy á superfície e daí para a praia perto da marina. Sabrina, com a técnica de respiração boca-á-boca usada para evitar afogamentos, consegue salvar a vida de Sandy, que, ao se levantar, abraça Sabrina de tanta emoção.

SANDY: Sabrina, valeu salvar minha vida. Você resgatou a pulseira de sua mãe e agora pode ficar com ela.

Sandy relembra:

SANDY: Se meu pai Porter estivesse vivo, ele teria 85 anos. E ele iria se orgulhar de vê-la encantadora de golfinhos. Meu pai morreu eu 2005 aos 77 anos... e agora que você tem um dom de nadar e falar com os golfinhos como nosso amigo Flipper, eu agora serei sempre orgulhoso de você.

SABRINA: Sr. Ricks!

E continua:

SABRINA: Encontrei a pulseira da minha mãe já falecida no fundo do mar. Posso usá-la?

SANDY: Pode, Sabrina. A pulseira é sua.

Logo depois, Sandy Ricks (chamado por Sabrina de Sr. Ricks) e Sabrina (atlante/humana híbrida, de ancestria atlante), sob o sol de Florida Keys, vão de novo nadar com o golfinho Flipper no mar e se divertir. É a primeira vez na vida dele que Sandy arranjou uma amiga semi-anfíbia para ajudá-lo... e seu golfinho.

_______________

Curiosiosidades sobre este conto:

- Primeira aparição da garota semi-anfíbia (de ancestria atlante) Sabrina Thalassos neste conto. A jovem personagem atlante-estadunidense, inspirada na personagem Maya da nova temporada de Flipper (1995-2000) e na protagonista Neri da série australiana Ocean Girl (1994-1997), foi introduzida neste conto (e também na spinoff/crossover) para encantar o público adolescente (a maioria garotas e rapazes).

- Além de Sabrina neste conto, outros atlantes também têm habilidades aquáticas noutros media: Mark Harris (na série Man from Atlantis) e Neri (na série australiana Ocean Girl e no conto crossover "A Garota do Fundo do Mar".

- O protagonista Sandy Ricks (da série clássica da NBC "Flipper" nos anos 60) volta neste conto baseado nele, dessa vez como um encantador de golfinhos e mergulhador em seus 66 anos (ele nasceu em 1947).

- O pai de Sandy, Porter Ricks (mencionado somente neste conto) - nascido em 1928, faleceu em 2005 vítima da falência múltipla de órgãos. Estava com 77 anos. Deixou seu filho Sandy, sua nora e seus 3 netos.

- O rascunho deste conto foi escrito em 10 de maio de 1995 e este falava de Sandy, que tinha uma filha (também chamada Sabrina), que também falava com os golfinhos. O parentesco entre ambos foi superado neste conto, dessa vez falam de apenas dois amigos: um mergulhador de 66 anos (já na terceira idade) e sua amiga, uma garota semi-anfíbia de 17 anos (perto do fim da adolescência e início da fase adulta) em plena Florida Keys (EUA) dos dias atuais.

- Há uma interessante menção desse conto no DVD "Em Okinawa com Kiyoshi Hikawa" (2014, disponível só nos seus fãs-clubes no Japão), em que o cantor Kiyoshi Hikawa brinca com um golfinho e se diverte nas águas do mar da ilha de Okinawa (onde ele visita).

- Essa pulseirinha da Sabrina ainda existe: ela foi lançada pela My Story Joias e pode ser encontrada nas relojoarias do Brasil ou pelo site: https://www.mystoryjoias.com.br/

Contos e Temas-LivresLeia esta história GRATUITAMENTE!