0.9 || INSTAGRAM

2.8K 87 7

MEU NÍVEL DE FELICIDADE SUBIU ATÉ O CÉU, JUSTIN BIEBER FALOU COMIGO, AI MEU DEUS.
Estou elétrica não consigo me manter parada, por isso concordei em sair com o Matt e chamei a Emy pra ir junto, assim posso também dar uma privacidade pro meu irmão.
Já estou pronta, meu rosto está tão resplandecente, não consigo parar de sorrir.
Escuto uma buzina e desço deixando um bilhete na geladeira pro Theo ver e não mandar a Polícia atrás de mim.
Matt sorri de orelha a orelha assim que me vê, ele é um bom amigo, mas acho que as vezes gosta demais de mim...

-Olá Matt!- digo assim que entro no carro.

-Olá Angel, você está linda!- ele sorri.

-Ah, obrigada!- sorrio de volta.

Continuamos seguindo até a casa da Emy e ela já estava no portão assim que paramos o carro.

-Até que enfim, achei que tinham saído sem mim...- ela berrou ao entrar no carro.

Assim que começamos a andar novamente contei para ele sobre o Justin, Emy pirou ela berrou umas trinta vezes "EU SABIA" o que me fez rir muito.

-Você está mais surtada do que eu Emy!- eu ri.

-Como não estar, é Justin Bieber caraaaaa!- ela sorriu.

-Ah, fico feliz por você mas não acho tudo isso...- Matt disse.

-Só diz isso porque está com ciúmes!- Emy disse.

-Emilly...- eu disse.

-É a verdade!- ela disse exaltada porém havia um vestígio de riso em seu rosto.

Passamos o resto do caminho até a boate em silêncio.
Assim que chegamos estranhamos a movimentação, havia algum famoso lá com toda certeza!
Entramos e tocava um música extremamente agitada, eu e a Emy fomos direto pra pista dançar enquanto Matt pegava as bebidas, todos os caras na pista nos olhavam, Emy diz que tenho o dom de chamar atenção dos homens, as vezes eu concordo...

-AMIGA OLHA O CAMAROTE AGORA!- Emy berrou mais alto que a música.

Olhei e realmente tinha um famoso na boate, mas não era qualquer famoso, era o Justin, meu coração foi na boca, ele ria com alguns amigos enquanto bebiam drinks e zoavam uns com os outros.
Eu ia começar a surtar com a Emy mas Matt chegou com as bebidas, tomei aquele copo em segundos o que fez os dois olharem boquiabertos para mim.
E esse foi o primeiro de muitos copos naquela noite, eu já estava completamente "alegre" a essa altura e olhava fixamente para aquele homem no camarote, me perguntando se ele me reconheceria se me visse, se desceria até mim... Acho que bebi demais e minha mente está viajando.
Emy notou que eu estava em um limite bom de álcool e resolveu que iríamos embora. Assim que estávamos saindo da boate olhei para cima e Justin me olhava fixamente, sorri e dei um piscadinha, eu nem sei porque fiz isso, e ele sorriu, que sorriso, meu Deus. Com o olhar de águia que a Emilly tem é claro que ela viu e falou em meu ouvido "amanhã você vai surtar com isso".
Saímos da boate e íamos entrando no carro mas não sei bem o porque pulei nas costas do Matt e pedi para a Emy tirar uma foto nossa, ela tirou então entramos no carro.
Primeiro Matt deixou a Emy em casa e então seguiu até minha casa. Assim que chegamos como um cavalheiro ele foi abrir a porta para mim.

-Hoje foi bem legal!- ele disse.

-É foi sim.- disse saindo do carro.

-Você ainda está um pouquinho alterada mas nada com que se preocupar!- ele colocou um fio de cabelo que voava em meu rosto atrás da minha orelha. E me encarou.

Encarei ele de volta, eu sabia o que ele ia fazer. E então ele fez, encostou seus lábios nos meus com um cuidado absurdo e eu não me esquivei nem um pouco, sabia que ia me arrepender disso amanhã... Agora ele realmente me beijava, não sei bem o porque mas eu retribui, QUAL É O QUE EU VOCÊ TÁ FAZENDO ANGELINA!

Ele parou o beijo devagar e eu respirei fundo o que fez ele me olhar.

-Boa noite Angel!- ele agora sorria como nunca o vi sorrir antes.

-Boa noite Matt...- mordi o lábio confusa e entrei.

Emilly vai surtar quando souber disso!

INSTAGRAM - JBLeia esta história GRATUITAMENTE!