Editoras #19 - Agentes literários #3

372 43 15








Você escreveu um livro, já reescreveu e já revisou, o que fazer agora: procurar por uma editora ou por uma agência literária?

A resposta óbvia seria: consiga uma agência. Mas a situação atual do mercado editorial brasileiro nos traz um paradoxo. É quase impossível conseguir um agente literário se você não for publicado. E se você já for publicado, a principal parte do trabalho do agente já foi feita.

A resposta de alguns agentes é que o agenciamento não termina na editora. O pacote de serviços oferecidos pode abranger assessoria de imprensa, leitura crítica de futuros originais e assessoramento de carreira (principalmente com os agentes menores).

Uma das principais agentes brasileiras discorda. Assegura que, além da reunião editora-escritor, o auxílio na negociação contratual e a venda de direitos para o exterior ou para outras mídias é o grande diferencial do agenciamento.

Há verdade nesses dois argumentos. Mas o primeiro grupo costuma cobrar pelos serviços extras. E o segundo não costuma afetar um escritor iniciante.

Ainda assim, alguns agentes realmente ajudam nas vendas (uma vez que recebem um percentual dos livros vendidos) e ter um profissional experiente com quem dividir suas dúvidas e angústias tem muito valor.

No fim, toda a ajuda é bem-vinda.

Então, no momento que for enviar seu livro para o primeiro grupo de editoras (EDITORAS #10), envie também para os agentes literários sérios. Saiba quem são eles. Pesquise MUITO se o agente não pertencer ao grupo do EDITORAS #14. Desconfie. Investigue. Entre em contato. Tire dúvidas. E se precisar de ajuda, me mande uma mensagem.

E para aqueles que ainda não estão convencidos que conseguir um bom agente vale a apena, eu ofereço a matemática abaixo.

Consideremos uma tiragem de 3000 livros (ótima para escritores iniciantes) e o preço de capa de R$ 35, se você vender todos os livros (o que é incomum), receberá R$ 10.500. O valor que o seu agente receberá com o seu livro será R$ 1.050, em seis meses.

Responda com sinceridade: se alguém puder te ajudar agora a encontrar uma editora por um custo de mil reais, pagos só quando você receber pelos seus livros, você não aceitaria?


***

A participação de vocês é imensamente importante! Peço que usem os comentários para críticas, perguntas, opiniões e sugestões de temas. Se gostarem, não deixem de votar e adicionar à sua lista de leitura para não perder os próximos capítulos.


GUIA do Escritor de FicçãoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora