Editoras #13 - Como ser relevante

408 47 17
















           

A vida de escritor não é fácil, não tem resultados imediatos, nem é justa.  Mas desistir não é uma opção. Você precisa acreditar em si, se esforçar para evoluir, engolir o orgulho para considerar as críticas até fazer um buraco no Muro e conseguir passar para o tão sonhado "lado de lá". E é só com esforço e inteligência que se chega lá. E, pelo amor de Deus, esqueça essa conversa fiada de talento. Sem anos de dedicação, nenhum talento chega a ser útil.

Então, o que eu proponho é que vocês concentrem os esforços não em serem publicados, mas em atacar o Muro. E o verdadeiro Muro, para um escritor desconhecido e não publicado, é a forma com que o editor associa a falta de relevância e a falta de qualidade. Logo, o muro começa a ruir quando provamos que temos qualidade ou relevância. Existem basicamente dois caminhos para isso: formar o público ou melhorar o currículo de escritor.


Currículo de escritor

Não, não é só escrever que você gosta de livros desde sempre. Inclusive, nem pegue como base qualquer Bio de um autor best-sellers. Com frequência eles fazem um péssimo trabalho nesse ponto.

Você precisa é de fatos que tragam credibilidade para a sua carreira. Se inscreva em prêmios, participe de antologias, faça cursos, conheça pessoas, melhore o seu texto, escreva mais um romance, invista no estilo da sua escrita, faça atividades relacionadas à criação como cinema e teatro, etc.

E depois trabalhe para que o seu currículo seja cada vez mais reconhecido tanto pelos profissionais do mercado editorial como pelas pessoas que o cercam.


Formar público

A primeira coisa que você precisa fazer é publicar o que você escreve. Muitos pensam que o trabalho acaba aí, mas é onde ele começa. Você precisa cativar o seu público, estar sempre em contato, estimular conversa, instigar a participação e o entrosamento dos leitores.

Você deve ser a engrenagem que fará o seu público voltar. Para isso você desenvolva o seu carisma, trabalhe as suas redes sociais, escreva contos, crônicas, posts, faça um canal no YouTube, dê a sua opinião sempre. E, principalmente, faça o seu público crescer.


Em ambos caminhos, você deve evoluir como escritor e desenvolver a sua network.

Aos poucos, um passo de cada vez, as coisas vão acontecendo. Um dia chegaremos lá.


           

***

A participação de vocês é imensamente importante! Peço que usem os comentários para críticas, perguntas, opiniões e sugestões de temas. Se gostarem, não deixem de votar e adicionar à sua lista de leitura para não perder os próximos capítulos.

GUIA do Escritor de FicçãoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora