Editoras #8 - Uma editora para seu livro

418 51 13




Vamos começar com um rápido checklist:

- Você tem certeza que o seu livro está pronto?

- Já revisou o número certo de vezes?

- Revisou pelo menos uma vez do início ao final?

- Leu como um leitor leria?

- Contratou uma leitura crítica?

- Contratou uma revisão profissional?


Sim? Então vamos para o próximo passo: achar uma editora para o seu livro!


Você deve saber para qual editora enviar. Para isso, você deve conhecer o mercado editorial brasileiro. O mínimo a se saber é quais são as principais editoras do Brasil. Parta daí e vá conhecendo, aos poucos, as pequenas e médias casas editoriais. Através dessa informação você compreenderá se o seu livro se enquadra na linha editorial delas. Se uma editora não publica livros semelhantes aos seus, provavelmente, ela não vai publicar o seu. Mandar originais para a editora errada só gera custos (tempo e dinheiro) para todos os envolvidos.

Esse entendimento do mercado envolve muita pesquisa e análise e é um processo contínuo e sem fim. Para agilizar este processo, fiz uma lista com mais de duzentos selos editoriais. Nessa lista você encontrará detalhes de se editoras aceitam originais e como proceder. Para baixar é só acessar o meu site (que estará nos comentários).

Mesmo com a lista, antes de enviar seu original é importante angariar o máximo de informações em vários canais como:

- Site das editoras: Você consegue entender no que a editora apostou e em que está apostando pelo catálogo e pela lista de lançamentos, respectivamente.

Com frequência, as editoras divulgam uma lista dos autores da casa. Explore esta lista à procura de autores iniciantes. Se você não achar pelo menos um caso recente, provavelmente a editora não te publicará.

Esse, por exemplo, é o caso da Companhia das Letras. Ainda assim, uma editora pode mudar de postura. Foi o caso da Editora Planeta que, no ano passado (2016), lançou o selo Outro Planeta, um selo de escritores estreantes.


- Mídia: Procure também em jornais convencionais, mas concentre seus esforços no Publishnews – que é o maior site sobre o mercado editorial no Brasil.


- Mídia estrangeira: O Brasil segue com frequência tendências e estratégias internacionais. Para estar um passo à frente, acompanhe as discussões do mercado editorial americano e europeu.


- Eventos: Vá nas bienais que conseguir (quase todo estado e algumas cidades têm as suas) e também nas feiras pequenas. Converse com as pessoas, ouça palestras, observe a dinâmica da feira. Puxe assunto com escritores, editores e vendedores. Faça amigos.


- Profissionais da Área: Nem sempre você consegue ter acesso aos editores e escritores pessoalmente. O que não é necessariamente um problema. Siga-os nas redes sociais. Procure palestras e entrevistas no YouTube. Além do conhecimento sobre o mercado, você começa a se habituar com suas futuras tarefas de escritor.


- Lançamentos: Vá a todos os lançamentos que puder. Mesmo se você não conhecer o escritor. E vá sozinho, para ser obrigado a puxar conversa.


- Best-sellers: Ainda que não goste de best-sellers, leia e tente aprender com eles. Sempre existe uma explicação para um livro vender bem – ainda que seja externa ao livro.



***

A participação de vocês é imensamente importante! Peço que usem os comentários para críticas, perguntas, opiniões e sugestões de temas. Se gostarem, não deixem de votar e adicionar à sua lista de leitura para não perder os próximos capítulos.


GUIA do Escritor de FicçãoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora