TRÊS: NICHOLAS

2.2K 330 231

Alguns metros antes de alcançarmos o colégio, Derek cede a mão direita para mim. Respiro fundo, me perguntando se aquilo é mesmo necessário, mas aceito, entrelaçando nossos dedos. Derek tem a mão um pouco maior que a minha, por isso o encaixe é perfeito, espero que a farsa também seja. 

— Isso é muito estranho. — falo enquanto caminhamos, já recebendo olhares de algumas pessoas que também estavam à caminho do colégio. 

— Mas é necessário, Nicholas, ignore os olhares, pense no carro. — Derek sussurra em resposta, sem se importar. 

— Tem gente que sabe que estamos mentindo. — Aponto com meu queixo para uma garota do segundo ano que passa sorrindo para nós dois. 

— Só quem sabe é o pessoal que estava presente no Ritual, poucas pessoas do segundo ano, alguns do terceiro e todos os formandos que comandam a diversão, todo desafio é feito só para nós, ninguém que estava presente vai sair espalhando que é mentira, por isso sempre pregamos peças nos novatos. — Derek insiste, segurando minha mão com um pouco mais de força. — Confie em mim, certo?

— Certo.

**

Os corredores não estavam tão cheios, mas ainda sim me causavam uma tremenda insegurança por conta dos inúmeros olhares voltados à minha direção, à nossa direção. 

"Não é o Nicholas e o Derek? Eles não eram héteros?"
"Eu sempre desconfiei desses dois."
"Coitada da Kim, rejeitada." Eram os comentários.

— Eu não posso fazer isso, Derek. — sussurro o mais baixo que consigo, desentrelaçando meus dedos dos dele. 

— Nicholas, por favor, ignora, ignora. — Derek pede, segurando minha mão para evitar que eu saia à sua frente. 

Puxo o ar, tentando fazer o que ele me pede, e então continuamos à caminhar até chegarmos à nossa sala. 

Derek solta a minha mão, abrindo a porta e me dando passagem, dentro da sala já estavam a Kim junto da Alison, do Justin, do Zac e do Tony. 

— Vocês não fizeram isso! — a Alison exclama, se afastando do grupo no fim da sala, faltando quinze minutos para o início da aula. 

— Isso o quê? — Derek se adianta à dizer. 

— Entrar no colégio de mãos dadas por causa do Adam, várias pessoas tiraram fotos, vocês já estão no site de fofocas do colégio! — Alison anda de um lado para o outro enquanto fala, com seus cabelos ruivos balançando em uma trança que está prestes a se desfazer. 

— Vocês vão mesmo continuar com o desafio? — Tony pergunta, ajeitando seu boné que esconde os cachos escuros. 

— Vamos, o carro é importante para o Derek. — respondo, tentando por um fim no assunto. — Vocês não apóiam?

— Não é que a gente não apoie vocês dois nesse desafio, mas já a aconteceu antes, vocês lembram? Com a Samantha e a Mia.. e o fim delas foi um namoro que não durou nem três meses. — Alison insiste, olhando para mim. 

— O quê? Vocês acham mesmo que isso vai acontecer comigo e com o Derek!? Puft, claro que não, sem chances. — retruco, já perdendo a paciência. — Isso não vai acontecer comigo e com o Derek, elas duas nem se conheciam, eu conheço o Derek há anos, somos irmãos. 

— Nicholas, calma. — Derek pede, segurando meus ombros. — O que o Nicholas está falando é verdade, ele está envolvido com a Kim e eu estou saindo com umas garotas por aí, a gente sabe o que a gente quer e só aceitamos esse desafio por causa do carro. — Derek continua. — Então por favor, vocês que são nossos amigos, acreditem nisso. 

Alison concorda com a cabeça, dando meia volta e indo se sentar novamente no fundo da sala. 

— Depois não digam que eu não avisei. — ela diz. 

— Já deu, Alison. — Kim finalmente diz. — Vocês dois, venham se sentar, a aula vai começar daqui à pouco. 

Obedecendo​ a Kim, Derek e eu caminhamos para o final da sala, nos sentando lado à lado enquanto outras pessoas começam a chegar. 

— Nicholas? — Derek sussurra. 

— O quê? 

— Me desculpe por fazer você passar por isso, se quiser parar com o desafio do ritual eu pago as quinhentas pratas. — Derek suspira, olhando em meus olhos. 

— Lembra quando a gente jurou fazer qualquer coisa um pelo outro? — questiono, sem desviar o olhar. 

— Claro que lembro. — Derek sorri de canto. 

— Então pronto, nós vamos fazer.

**

Após três aulas em que todos os três professores nos cumprimentaram pelo novo casal do colégio, é a hora do intervalo.

— Você tem razão, isso foi muito constrangedor. — Derek diz, já se levantando para sair da sala. 

— Eu avisei. 

Enquanto andávamos em direção ao refeitório, Derek recebe a primeira instrução de Adam.

Adam: Estão gostando do desafio? Já li a matéria sobre o mais novo casal do colégio, mas só andar de mãos dadas não garante um carro tão bom quanto o meu, não é mesmo Derek? Portanto, quero ver um beijo no refeitório. Lembrem-se: Vocês estão sendo vigiados.

— Eu não vou fazer isso. — falo ao terminar de ler a mensagem, olhando para o Derek novamente. 

— Sem chances! — Derek concluiu. 

— Avisa à ele.

Derek: Não vamos fazer isso.
Adam: Tem certeza? Já ia entregar a chave do carro para vocês, já seria um avanço.
Derek: Cara, é um beijo!
Adam: Não estou mandando vocês transarem.
Derek: Não vamos fazer isso.
Adam: Sem língua, para facilitar. 
Derek: Ainda vou receber a chave?
Adam: Beijo sem língua não é beijo.

— E agora? — Derek pergunta, olhando diretamente para mim. — Nicholas, eu quero muito esse carro mas a gente não precisa se submeter a isso, não precisamos nos beijar. 

— Deixa que eu digito.

Derek: De língua se você deixar a gente dar uma volta com o carro durante toda a semana.
Adam: Isso é pedir muito.
Derek: Você também está pedindo muito.
Adam: ...
Derek: E aí?
Adam: Tudo bem, agora façam.

— Nicholas! — Derek diz, tirando o celular da minha mão e enfiando-o no bolso. 

— Relaxa, passar a semana com aquele carro vai recompensar isso. 

— Então vamos. — Derek me puxa, saindo à minha frente.

Depois do Ritual (Romance Gay)Leia esta história GRATUITAMENTE!