DOIS: NICHOLAS

2.5K 343 151

O fim do Ritual na praia acabou com todos dentro da água, com a música mais alta do que permitido para uma noite californiana. Não estava preocupado com absolutamente nada, não enquanto o álcool estivesse correndo por meu corpo, me dando uma adrenalina além do normal. Foi com essa adrenalina que acabei ficando com a Kim algumas outras vezes antes de nos despedirmos.

— Vejo vocês amanhã. — disse Tony enquanto puxava o Justin para irem embora, eles moravam no mesmo quarteirão, assim como eu e o Derek.

— Esperem, acho que o Felippo vai dar uma carona para gente, é melhor do que irmos andando. — Alison disse, olhando para o Tony. 

— Concordo, vocês vão esperar? — Kim perguntou, olhando para o Justin e o Tony primeiro, depois para mim. 

— Ah, eu acho melhor vocês irem, tenho que esperar o Derek e ele está.. vocês sabem. — respondi, tentando disfarçar meu riso maldoso. 

— Meu Deus! Vocês já se tornaram um casal mesmo, não é? — Alison zoou, rindo. — Tudo bem, então a gente já vai, chegue cedo amanhã. 

— Combinado, boa noite para vocês.

**

Quando o Derek finalmente voltou, a maioria das pessoas já haviam ido embora, estando apenas pequenos grupos espalhados pela praia, o equipamento de som já havia sido desligado e o lixo recolhido, tudo estava em seu devido lugar. 

— Pensei que você não ia voltar hoje. — falei, batendo com o meu braço contra o dele. 

— Ah! Eu nem demorei tanto assim, cadê os outros? — Derek perguntou, dando uma "sacudida" em sua camisa para livra-lo do calor que ainda estava sentindo. 

— Claro que demorou, eu passei a maior parte do tempo ajudando a recolher as coisas por causa disso. E os outros já foram, pegaram uma carona com o Felippo e eu resolvi ficar para te esperar, a gente mora no mesmo lugar mesmo. — respondi, já caminhando ao seu lado. 

— Não é fácil ficar com duas de vez, Nicholas, você tem que dar atenção para ambas. — Derek diz, rindo da situação. 

Concordo com a cabeça, sentindo o cheiro do mar ficar para trás à medida que alcançamos à rua. 

— E o desafio? Já pensou no que vamos fazer? A Alison estava comentando que o Adam foi falar com você enquanto eu fui ao banheiro, o que rolou?— questionei. 

— Ele só queria se certificar de que iríamos cumprir mesmo o desafio, caso a gente quebre o ritual, teremos que pagar quinhentas pratas para ele, todos concordaram. — Derek disse.
— Quinhentas pratas!? —pergunto, sem acreditar. — Cara, isso é um roubo, o Adam sempre inventa essas graças para ganhar dinheiro em cima dos outros. 

— É, Nicholas, mas o Adam sempre cumpre com as promessas dele, se a gente não desistir, aquele carro vai ser nosso. — Derek falou, agora parado à minha frente. — Tudo o que vamos precisar fazer é fingir um estúpido namoro, somos melhores amigos, você me dá à mão e saímos andando pelos corredores, vamos continuar pegando quem quisermos, não vamos transar ou nos beijar, só vamos pegar aquele carro, por favor. — ele insiste. 

Puxo o ar, soltando-o logo em seguida. 

— Tudo bem, Derek Hale. 

— Haha! Eu sabia que você não iria me decepcionar, cara, você é o meu melhor amigo! — Derek sorria largo enquanto falava, voltando a andar ao meu lado. — Ou devo te chamar de namoradinho?

— Vai se lascar! — respondo aos risos, deixando a brisa boa nós guiar até chegarmos em casa. 

— A gente se vê amanhã. — Derek falou antes de atravessar o portão da sua casa e então eu fiz o mesmo.

**

Por nervoso, acabo não tendo uma das minhas melhores noites de sono, acordo antes dos meus pais, algo raro de se acontecer. Aproveito a oportunidade para tomar café da manhã sozinho e retornar ao meu quarto onde permaneço na cama até o horário ideal para tomar banho.
Deixo a água cair por algum tempo, molhando meus cabelos e todo o meu corpo nu, minha cabeça doía um pouco, culpa do álcool. Após a secagem, retorno para o quarto onde visto o que deixei sobre a cama; cueca, calças jeans na cor escura, blusão moletom na cor cinza e sapatos na cor preta. 

Ainda sentado na cama, ajeitando meus cadarços, ouço alguns toques na porta fechada. 

— Entra.

A maçaneta da porta gira e então Derek entra, carregando em seu ombro uma mochila, estava bem vestido, afinal, era o nosso primeiro dia; camiseta preta em mangas normais, calça jeans comum e sapatos na cor branca. — Está pronto? É que o Adam disse que a gente precisa chegar juntos, o Zac e o Bryce vão ficar de olho e qualquer sei lá, desvio.. será relatado para o Adam e então a gente perde o carro. 

— Hum. Só vou escovar os dentes e já podemos sair, fica aí. — falei, levantando da cama. 

Ajeito meus cabelos já secos da melhor forma que posso, ainda deixando-os em uma bagunça, escovo os dentes em seguida, finalizando com um pouco de perfume, então retorno ao quarto. 

— Espera aí, o Bryce não é capitão do time de futebol? — pergunto ao Derek, pegando minha mochila sobre a cama, sustentando a mesma somente em um ombro. 

— Sim, é. E se a gente convencer os outros de que nosso namoro é real, a gente pode entrar para a lista de jogadores principais.

— Ah, isso é mole. Você é mais alto do que eu, mais forte do que eu e joga bem melhor, é óbvio que iria entrar para o principal em algum momento, o Adam só está nos comprando. — retruco. 

— Enquanto a gente ganhar também, não vejo problema. — Derek concluiu, saindo do quarto. Sigo atrás dele, descendo as escadas do segundo andar, me despedindo da minha mãe e então saindo de casa.

Depois do Ritual (Romance Gay)Leia esta história GRATUITAMENTE!