O Acaso...

120 33 9
                                    

Minhas palavras já não se escutam mais
Fugir já não é mais uma opção
O acaso é apenas um disfarce
Do arquiteto invisível
De maravilhas e maldições

É comum sentir-se vazio de tudo
Talvez o silêncio deixou de fazer sentido
Deixou de transformar a razão
Em mais um sonho tolo do mundo

Não se trata mais da existência
Pouco importa a moldura em que vive
A forma em que se sobrevive
Enraizado na tua essência
O maior pecado da indigência

Alguns devaneios...Onde as histórias ganham vida. Descobre agora