Continuando no Diário

510 99 2
                                                  

Jacob limpa o rosto e quando abre olho ele queimava de raiva, ele Poe o chicote de lado no chão e tomba a cabeça de lado, já não enxergava mais Beguzar, apenas uma mulher a sua frente e leva sua mão a sua camiseta e a rasga e arranca seu sutiã e desce para a calça jeans e a arranca com calcinha e tudo, Beguzar luta para que ele não a toque, mas em vão, ele a toca intimamente e geme ao seu toque, Beguzar chora e fecha os olhos, ele abre a calça e abre suas pernas e a encaixa nele que diz.

- Você é minha... E vai ser sempre que eu quiser... - Ele a penetra com vontade e Beguzar grita e chora e ele goza dentro dela.

Os pulsos de Beguzar estão em carne viva e doem horrores, Jacob a solta, fecha a braguilha da calça e pega o chicote do chão e lhe surra com vontade e cada chicotada ele dizia que os dois viveriam juntos daquele dia em diante e que faria ela se comportar.

Célia novamente volta a chorar, de um amor lindo entre duas pessoas se transformou em um relacionamento de ódio e violência, por isso que Beguzar nunca o tocou com carinho, ele a estuprou a mando do pai, que homem era esse que deixou sua filha a receber esse tratamento, abriu o diário e folheou mais para frente, passando um mês, não queria ler os relatos do que aconteceu depois, leria quando estivesse com coragem.

Beguzar está grávida para desespero, Sezzem aparece para visita-la e conta para ele o que aconteceu, mas não queria se casar com Jacob e o rapaz por ama-la decidiu assumir a criança, e os dois aparecem no escritório do pai e o rapaz enfrenta Keren e pede Beguzar em casamento e diz que está grávida Keren e Jacob se olham e a confusão está instalada e Jacob a tira do escritório pelo braço e a leva para o quarto e a joga na cama e sobe sobre ela e pega em seu pescoço e ofegante pergunta.

- Você não está grávida deste rapaz... Por que eu sou o único que pode ter te engravidado!...

- Nunca vou ter um filho seu!... E se eu tiver eu entrego para adoção, mas jamais criarei um filho seu!

Jacob aperta mais ainda seu pescoço e de repente ele solta, pois Beguzar simplesmente não lutou para se desvencilhar de suas mãos, ela estava determinada a morrer, seus olhos se encheram de lágrimas e ele se deitou sobre ela e chorou como uma criança, sua dor era sentida naquelas paginas e pelas palavras de Beguzar, ele se levanta calmamente e sai do quarto e a deixa sozinha, Jacob, Keren e Sezzem saem todos juntos da casa e entram no carro e somem diante do portão.

Keren e Jacob voltam no dia seguinte, os dois calados, a empregada entra no quarto de Beguzar e puxa a mala e algumas roupas e em silencio faz sua mala e Jacob entra no quarto e a arranca da cama e manda que se vestisse que faz em silencio e na frente dele e os dois saem da casa, Keren está parado ao lado do carro e diz olhando em seus olhos.

- Sua irmã não me dá o desgosto que você me dá!... Antes tivesse ficado com ela ao invés de você!


Célia (Volume 2)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora