Parte II - Capítulo 3

13 0 0

Sarah estava na cozinha e preparava um lanche, quando recebeu o aviso de que Augusto e Mateus se aproximavam.

-Mateus tem um gatinho que chama Mimo. - avisou a secretária.

O cachorro que parecia dormir debaixo dos pés de Sarah latiu duas vezes e começou a dar voltas. Parecia preocupado.

-Fica quero, Jake. É só um gatinho. Não é nada demais. - Mandou, Sarah e continuou: Avise o meu pai que estão próximos, nós temos urgência. Trate o Mateus como nosso convidado e faça as honras.

Débora, a secretária, fez todas as anotações em seu Moleskine, ajustou os óculos no nariz, colocou o cabelo cacheado para trás das orelhas e saiu da presença de Sarah e Jake. Pegou o celular e disse com uma voz séria e pálida "Eles estão vindo".

-Bom trabalho. - Sussurrou uma voz pálida do outro lado da linha.

-

No Polacas Bar, o Hotwhels dado pelo Matheus ao neto da "tia" estava esmagado no chão. A patrulha dos outros homens havia passado por ali e bagunçado tudo que encontravam pela frente. As cadeiras e as mesas do bar estavam jogadas pelo salão. Não havia mais ninguém ali.

Do lado de dentro do balcão. A tia sentada no chão acariciava o corpo morto do seu netinho. 

Tudo o que sabemos sobre a escuridãoRead this story for FREE!