| 32 |

328 32 3

editado

| Não pode ser | 

Música: Monsta X - Beautiful

#Danbi On#

Já se passou uma semana desde que eu estou de volta à minha querida casa, assim que o Sr. Lee soube que eu estava de volta, ele ligou me e disse que assim que eu quisesse voltar ao trabalho que podia, pois iria ter o meu lugar guardado. Aquele senhor é um amor de pessoa.

Por muito que eu queira voltar ao trabalho, eu ainda não me sinto preparada para deixar os meus bebés com alguém. Eu sou muito chegada a eles, e só de pensar em estar longe deles, o meu coração começa a doer.

O Taehyung disse me que eu não precisava de voltar a trabalhar, pois ele iria tomar conta de mim e dos nossos filhos, mas eu não quero estar dependente dele, eu não me iria sentir bem estar dependente de alguém.

Eu perguntei lhe onde ele arranjava tanto dinheiro, pois via que ele tinha imenso dinheiro e tinha aquela casa enorme, estava com bastante medo que ele andasse novamente nas drogas. Mas felizmente ele deixou definitivamente essa vida. Ele contou me que é agora o novo dono de uma empresa, pois o seu pai era o antigo dono e o mesmo decidiu reformar se, passando a empresa para o nome do filho.

Infelizmente com o novo trabalho ele passa imenso tempo fora de casa, o que me deixa cheia de saudades suas, mas acho que com o tempo irei habituar me.

O som da campainha é ouvido por toda a casa, interrompendo os meus pensamentos. Vou até à porta e abro a mesma, revelando... não pode ser.

Não pode ser... Eu não acredito que ele me encontrou.

Eu: O que é que tu fazes aqui Tiago?! Como é que me encontraste?!- pergunto assustada

Tiago: Olá para ti também Francisca, ou devo dizer Danbi?

Eu ainda não acredito que passado tanto tempo, ele está de volta.

Eu: O que é que tu queres de mim? - pergunto tentando não parecer assustada

Tiago: Então Danbi não sentiste a minha falta? - reforça a palavra Danbi

Eu: Não, eu não senti. Por favor vai te embora, não és bem vindo aqui. - tento fechar a porta, mas ele tem mais força do que eu, impedindo me de fecha-la

Tiago: Eu vou embora, mas eu volto para conhecer o teu querido namorado e os teus filhos. - sorri de lado

Tiago vai se embora e eu fecho a porta, trancando a mesma com medo que ele volte.

Tiago era o meu ex-namorado, o rapaz que fez a minha vida num pesadelo. Eu pensava que ao vir viver para a Coreia do Sul, que poderia viver finalmente em paz e que poderia esquecer o meu passado, mas infelizmente ele encontrou me.

Eu tenho medo do que ele possa fazer...

#Taehyung On#

Felizmente consegui acabar o meu trabalho mais cedo, o que quer dizer que poderei ir agora para casa.

Estou ansioso para passar mais algum tempo com a Danbi e os nossos filhos. Nunca pensei ser pai tão novo, mas estou a gostar imenso desta experiência.

[Quebra de tempo]

Assim que chego a casa, ao abrir a porta reparo que a mesma se encontra trancada, o que é estranho pois sei que a Danbi está em casa.

Eu: Danbi? - chamo assim que entro em casa, fechando a porta

Ninguém me responde, mas consigo ouvir soluços baixos vindos do nosso quarto. Vou até ao mesmo e encontro a porta encostada, abro a mesma e vejo Danbi deitada na cama com a cabeça escondida nas almofadas, abafando os soluços.

Eu: Danbi?

Danbi levanta a cabeça e olha para mim com os seus olhos cheios de lágrimas.

Caminho até ela e puxo-a para o meu peito, começando a fazer lhe caricias no cabelo, tentando acalma-la, o que parece resultar, pois ela pára de chorar.

Eu: O que se passou Danbi? - pergunto preocupado

Danbi: Ele voltou. - sussurra

Eu: Ele quem?

Danbi: O meu ex-namorado.

Eu: O quê?! - digo um pouco mais alto do que queria

Danbi: Tocaram à campainha e quando eu abri a porta, deparei me com ele a olhar para mim com aquele sorriso... Ele disse que iria voltar para te conhecer e para conhecer os nossos filhos. Eu tenho medo que ele vos faça mal.

Eu: Ele não nos vai fazer mal Danbi, eu vou proteger-vos. - abraço-a com força tentado passar alguma confiança

Danbi: Eu tenho tanto medo, por favor não me deixes sozinha. - olha me intensamente nos olhos

Eu: Está descansada Danbi, eu não te vou deixar sozinha, nem aos nossos filhos. Eu vou falar com o resto dos rapazes e tu vais estar sempre com algum de nós.

Danbi: Obrigada Taehyung. Eu amo te.

Eu: Eu também te amo pequena. - beijo o topo da sua cabeça, continuando a abraça-la

Notas de Autora:

• Espero que tenham gostado deste capitulo ^^

Perguntas:

• Souberam daquelas ameaças que andaram a fazer ao Jimin??
Eu tenho imenso medo que algo lhe aconteça, espero que a segurança no concerto seja redobrada para que os nossos meninos possam dar o concerto em paz e em segurança.

ParkDanbi xx

Let Me Know × Kim TaehyungLeia esta história GRATUITAMENTE!