Pega, mas não se apega!

14K 262 49

Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, praia, Sol, noite incrível e o povo mais sacana que já conheci.

Meu nome é Gabriela Martins Soares, ou só Gabi. Muito prazer! Tenho 25 anos, carioca da gema. Trabalho, sou independente e não devo nada a ninguém. Por esse motivo não tenho nada que me prenda. Nem gato, nem cachorro, nem periquito ou papagaio. Sai de casa com 18 anos, abandonei o colinho da mamãe , terminei a faculdade de arquitetura, moro sozinha muito bem obrigada.

Eu sou livre, leve e solta!

Se estou parecendo egocêntrica, mesquinha ou meio estúpida  deixem eu me explicar. Falo isso por que tenho amigas, e sei que elas se privam  por dois motivos: 

- Acham que serão julgadas por esta sociedade machista e impetuosa.

2 - Por causa da maior praga já jogada na face da terra. OS NAMORADOS, NOIVOS OU MARIDOS!

Eu não sou contra quem namora, noiva ou casa. Convivo bem  com quem faz essas escolhas. Eu só não acho que isso seja para mim. Tenho uma boa condição financeira, um bom carro, um bom apartamento, e uma boa aparência. Não saio desarrumada nunca , cuido de mim como se fosse uma boneca e nunca, nunca mesmo me envolvo emocionalmente com meus P.A.s

Ai vocês me perguntam: Gabi, o que é um P.A? Fácil! P.A é a abreviação para PAU AMIGO! Fascinante. Sexo sem compromisso com o benefício da amizade. Claro também tenho os meus P.D.s ( Paus desconhecidos) Aqueles deuses que você conhece, passa uma noite maravilhosa e no fim da o número do telefone errado. Claro! Não quero ninguém me ligando. Essa sou eu. Meu lema é pegar sem se apegar.

Tem dado certo para mim.

Pega, mas não se apega! (COMPLETO)Leia esta história GRATUITAMENTE!