Capitulo 15.

321 41 0

- Me conte da sua vida. - Lisa pediu, deitada no meu colo, enquanto estávamos parados embaixo do teto de um restaurante fechado dentro do Jardim Botanico, esperando a chuva passar.
- O que você quer saber?
- Os países que você já visitou.
- Só fui para os Estados Unidos.
- Que tipo de mochileiro é você?
- O tipo que acha que tem muito pra ver no Brasil antes de sair conhecendo outras culturas. A nossa já é rica o suficiente.
- Eu já fui pra Inglaterra, pra Bolívia e pra Argentina.
- De qual gostou mais?
- Inglaterra...você consegue acreditar que lá existem policiais em cavalos? Sério, real oficial, eu quase caí pra trás.
- Eu me apaixonei pela Times Square.
- Sempre quis conhecer... - ela fez uma pausa, respirou fundo e perguntou o que eu já sabia que ela queria saber - Você já viajou com seus irmãos?
- Qual é, Lisa...
- Por favor. - Ela se sentou e segurou na minha mão. - Fale de Amora.
- Não da, Lisa.
- Você sabe que, o que quer que tenha acontecido, não foi sua culpa, né?
Meus olhos encheram de lágrimas e eu encostei a cabeça na madeira da parede do restaurante, olhando pra cima, impedindo que elas caíssem.
- Se você falar, vai parar de te corroer, Ian...
- Amora não morreu.
Eu vi os olhos de Lisa arregalarem e seu queixo cair.
- Mas...
- Foi o que eles falaram pra todo mundo, Lisa, pra amenizar a situação. Uma Castelli não poderia ter feito isso.
- Ian, eu...
E então eu entrei num flashback. Eu fechei meus olhos e eu estava lá.

LISA [COMPLETO - EM REVISÃO]Leia esta história GRATUITAMENTE!