editado

| Tóquio

Música: BTS - Two! Three

#Taehyung On#

Acordo com o meu telemóvel a tocar, a minha mão procura por ele em cima de mesinha de cabeceira, assim que o encontro olho para o ecrã vendo o nome "Yongguk" a brilhar.

[Chamada On]

Eu: O que é que tu queres? - digo com a minha voz mais rouca que o normal

Yongguk: Estavas a dormir?

Eu: Sim...

Yongguk: Tenho boas noticias Taehyung.

Eu: Se não são sobre a Danbi, não quero saber.

Yongguk: Eu encontrei-a.

Eu: O quê? - pergunto não acreditando no que ele acabou de dizer

Yongguk: Eu encontrei a Danbi, Taehyung. Ela esta em Tóquio.

Eu: ...

Yongguk: Taehyung?

Eu: Eu vou já para aí.

[Chamada Off]

Eu vou poder finalmente abraça-la.

Eu nem acredito. Este é o melhor dia da minha vida.

Visto me rapidamente, não querendo perder muito tempo, pois quanto mais rápido eu chegar a casa do Yongguk melhor.

[Quebra de tempo]

Eu: Como é que a conseguiste localizar?

Yongguk: Um dos membros dos GOT7 mandou me uma mensagem ontem à noite, ele diz que te conhece e que está disposto a ajudar nos.

Eu: Como é que ele se chama?

Yongguk: O nome dele é Yugyeom.

Yugyeom. Eu lembro me dele, foi o Jungkook que nos apresentou, quando nós fomos passar férias juntos a Busan.

Eu: Eu lembro me dele.

Yongguk: Eu estive a falar com ele durante algum tempo para ver se podíamos realmente confiar nele.

Eu: E o que é que achastes?

Yongguk: Acho que vale a pena correr o risco.

Eu e Yongguk estávamos neste momento no seu escritório, a planear como salvar a Danbi.

Felizmente todos dos B.A.P e os meus amigos estão aqui para me ajudar.

Depois de algum tempo, finalmente temos o plano todo traçado e se tudo correr bem, a Danbi estará comigo muito em breve.

#Danbi On#

Eu não sei quanto tempo mais eu vou aguentar esta vida de escrava.

Eu quero manter a esperança que eu vou conseguir sair daqui com os meus bebés, mas já se passou tanto tempo e a minha esperança começa cada vez mais a desaparecer.

Mark tem feito a minha vida um inferno, ele trata me como se eu fosse a sua escrava sexual... como se eu fosse a sua puta.

Eu tenho nojo dele, mas ainda tenho mais nojo de mim.

O meu corpo anda sempre todo marcado pelas suas mãos imundas, mãos essas que já me tentaram estrangular... Senão fosse o Yugyeom, eu não teria sobrevivido.

[Flashback On]

Eu: M-mark eu preciso de f-falar contigo.

Mark: O que é que tu queres?

Eu: E-eu estou g-grávida. - olho para as minhas mãos, que se encontram a brincar uma com a outra, num tique nervoso

Mark: Tu estás o quê?! Tu só podes estar a brincar comigo! - grita

Eu: E-eu estou a f-falar a sério Mark. - digo com medo

Sinto as mãos grandes de Mark, agarrarem o meu pescoço com força, dificultando a minha respiração. Começo a entrar em pânico, assim que as suas mãos começam a apertar ainda mais o meu pescoço, impedindo-me de respirar por completo.

A minha visão torna-se nublada e eu começo a ficar muito tonta... Será este o meu fim?

De repente o meu corpo cai no chão fraco, olho para Mark e vejo que alguém está em cima dele a bater-lhe, tento focar a visão e assim que consigo foca-la mais ou menos, vejo que a pessoa que está em cima de Mark é o Yugyeom.

Yugyeom: Estás bem Danbi? - pergunta preocupado

Eu: Agora estou. Obrigada Yugyeom! - digo acabando por cair numa escuridão imensa

[Flashback Off]

Senão fosse o facto de Yugyeom estar aqui comigo, eu muito provavelmente já não me encontrava viva. Para não falar que ele é dos poucos que me trata bem aqui.

Nota de Autora:

Lamento imenso pelo capitulo estar tão pequenino, mas espero que tenham gostado na mesma.

O próximo vai ser maioritariamente pov do Taehyung.

O nosso querido Yoongi está quase a fazer anos ^^

Perguntas:

• O que acharam do Yugyeom estar a ajudar o Taehyung e a Danbi??

ParkDanbi xx

Let Me Know × Kim TaehyungLeia esta história GRATUITAMENTE!