Capítulo 3

217K 18.2K 12.6K
                                                  

Por Brandon

Levantaram as cortinas e no palco apareceram garotas vestidas com vestidos rosa, bem bonitas por sinal, e começaram a dançar uma coreografia até que interessante, fiquei curioso para saber qual delas era a irmã de Ron, eu sei que ela se parece um pouco com o irmão, então suponho que seja morena, das meninas que estão no palco, só duas são morenas, qual delas será?

-Qual delas é a sua irmã?- perguntei pro Ron.- Ela é morena né?

-Ela é morena sim, mas não é nenhuma delas- ele olha pra mim- ela é a principal, deve entrar por último e com certeza a roupa dela será diferente.

Agora entrou uns garotos e se posicionaram do lado das garotas e começaram a dançar outra coreografia, agora de casais.

Se colocassem uma música mais legalzinha, mais atual,a apresentação ficaria bem melhor.

A música é tão sem graça que está me dando sono. Ninguém merece.

Dançaram por mais alguns minutos até que a luz ficou diferente, sei lá uma cor diferente, e foram abrindo espaço para alguém chegar no centro, depois de um tempinho percebi que era uma garota e um garoto.

Ela diferente das outras garotas que estavam com vestidos rosa e cabelos presos, está com um vestido prata bem brilhante e cabelo solto.

O cabelo dela está lindo, na verdade ela é toda linda.

Meu seeeeeenhor, pera... Ela está com a roupa diferente das outras,ela se destaca entre as outras, ai meu Deus será que essa garota gata pra cacete é a tal irmã do Ron?

É a lógica né, ou será que essa é outra garota e ela ainda vai entrar ? ESSA MENINA LINDA NÃO PODE SER AQUELA GAROTA ESTRANHA DA FOTO QUE O RON TEM NO GUARDA-ROUPA DELEEEEEEE.

Na foto está Ron com 17 anos e a irmã sei lá uns anos mais jovem, eles estão sorridentes e olhando na direção da foto com um boneco de neve entre eles, ele me disse uma vez o nome desse boneco. Era qual mesmo?

Batilimeu?

Bameu?

Bartimeu?

Bartolomeu? ISSO É BARTOLOMEU.

Que bosta.

A garota da foto não parece nada com essa garota, será que é ela?

-Ela está tão linda-olho pra ele- ela mudou tanto, ta parecendo tanto com a mamãe- Ron agora tem um semblante triste- ela ficaria orgulhosa de vê-la assim.

Oooopa né que a gata é irmã dele mesmo.

Ai meu Deus, vai ser muita tentação ter essa gata do meu lado e não fazer nada.

Qualé a mais gata tinha que ser irmã do meu amigo, aff.

O garoto que está dançando com ela está com uma camiseta do mesmo tecido que o vestido dela, enquanto os outros bailarinos estão com uma camiseta rosa, igual a das outras bailarinas. Tenho que confessar tá bem gay.

Não que eu tenha preconceito, não vejo problema em homem usar rosa e mulher azul. Na verdade adoro mulheres de azul, acho bem sexy.

O Ron tira a atenção da irmã um pouco e olha e pro garoto e fala baixinho.

-Não acredito- olho pra ele- ela deve estar enlouquecendo.

-Por que?

-Ele é o ex dela, ela o odeia.

Olho pro tal garoto novamente, ele é loiro, e magro beeeeeeeem magro, prefiro eu mil vezes, sou moreno, olhos claros, e sou forte, sou lindo pra cacete, e sei o que estão pensando, se acha pra cacete também.

Me acho mesmo, na verdade não me acho, eu sou.

Ela dançava magnificamente, fiquei vidrado nela o resto da apresentação, até me esqueci da garota que estava sentada perto de mim que não parava de me olhar, esqueci do Ron, esqueci de tudo, só sabia prestar atenção nela, na leveza que ela dança. Fizeram a escolha certa de fazê-la a principal, ela definitivamente é a melhor.

Algum tempo depois a apresentação termina, todos no palco dão as mãos e agradecem, todos batem palmas para parabeniza-los, menos eu, não vou dar esse gostinho pro Ron pra ele dizer na minha cara "eu avisei que iria gostar e blá blá".

Mereço.

As cortinas se fecham e as palmas continuam, rapaz gostaram mesmo em.

Ron se levanta e diz.

-Vamos lá falar com ela e pegar as coisas dela.

-Olha meu amigo, eu não vou "pegar" coisa nenhuma, tu vai carregar tudo.

Ele me ignora e sai andando, o que me resta é segui-lo, e eu fui.

Entramos no camarim(isso se chama camarim?) e estavam todos eufóricos, procuramos a tal garota de prata, e ela estava no fundo abraçada com uma garota ruiva bem linda por sinal.

Porra, só tem gente bonita aqui.

-Emma?- diz Ron, nem lembrava mais o nome dela, Ron me disse poucas vezes, e nunca me importei em lembrar mesmo.-Girassol?

Girassol? Por que do girassol? A garota nem loira é. Eu em, desisto de entender o Ron.

Quando a garota escultou a palavra Girassol, ela se virou rapidamente, radiante e correu pra abraçar o irmão.

-Rooooon, ai meu Deus que saudades.

Meu Deus, ela é mais linda ainda de perto. Pqp to fud***.



Amores Londrinos (1) - A Garota Do Quarto Ao Lado (Concluído)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora