Duvide da dúvida

29 0 0

Qualquer que seja o caminho, hora ou outra, a dúvida aparece. Ou o plural dela.

É mesmo possível o que sonhamos? Será que o tempo não vai passar em vão? Como diz a canção, será que vamos conseguir vencer?

A dúvida é nossa mente tentando encaixar o sonho na parte do cérebro que racionaliza e justifica tudo, que encontra probabilidades, que analisa.

O sonho não cabe em um só lado do cérebro, assim como não cabe também em probabilidades. O sonho é uma centelha divina e não possui limites, assim como limites não aceita que lhe imponham, em detrimento de morrer ou sufocar.

Duvide da dúvida quando ela aparecer. Questione a questão que sua mente, solta, lhe impõe. A dúvida pode ser positiva, levar a reflexões, adequações, mostrar coisas escondidas, mas não pode limitar, não podemos permitir que a dúvida seja maior que o sonho.

O "mas" do sonho é a realidade. Você vive realidades ou cria a sua?

© Dan Porto

www.danporto.com

Viver e ajudar a ViverLeia esta história GRATUITAMENTE!