Capítulo único

2.3K 270 114

Sempre vi tudo aqui de cima

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Sempre vi tudo aqui de cima. Não estou reclamando da vista, na verdade, é ótima, mas eu queria mais. Queria estar lá embaixo e por isso quase explodi – literalmente – de felicidade quando ganhei de aniversario minha tão sonhada permissão para descer. Finalmente teria a chance de vê-lo de perto. Tantos anos apenas o admirando de longe e guardando esse sentimento dentro de mim, mas hoje seria diferente, mesmo que por apenas uma noite.

Alisei o vestido mais uma vez enquanto lembrava das últimas palavras de Luna antes que eu descesse.

''Uma noite apenas, não se esqueça. Assim que der meia noite você voltará. Não se atrase!''

Eu esperava por esse momento a muito tempo. Todos os anos via a família real chegando ao castelo de Ashford para comemorar o aniversário do primogênito com um grande baile. Sempre o assistia de longe, bem longe, mas hoje seria diferente, pois estaria aqui em baixo, junto com todos.

Coloquei a mascará que cobria boa parte do meu rosto e respirei fundo andando pelo enorme gramado do jardim. Contornei a fonte que estava decorada com algumas luzes e segui até a escada da frente. Segurei a barra do vestido e subi os degraus com cuidado. Meus saltos não eram tão altos, afinal não estava acostumada a usa-los, mas mesmo assim todo cuidado era válido. Queria que essa noite fosse perfeita, pois era minha única.

Na porta estavam dois homens vestindo fardas em tom de azul escuro, um de cada lado, parados com as mãos nas costas. Assim que me viram fizeram um aceno com a cabeça cumprimentando enquanto se curvavam levemente para a frente. Dei um minúsculo e discreto sorriso, passando pelas grandes portas de madeira escura.

Como esperado o hall de entrada era lindo. Parei admirando o enorme lustre que pendia no centro do teto. Depois corri meus olhos pelas paredes bem decoradas com quadros diversos e os arranjos de flores com delicadas rosas brancas.

— Senhorita... O salão é por ali. — Avisou uma mulher loira usando um vestido longo preto.

— Obrigada! — Agradeci sorrindo e segui na direção em que ela tinha indicado.

O corredor era espaçoso e vi algumas pessoas caminhando a minha frente. Respirei fundo ao perceber que estava cada vez mais perto. Meu coração estava um pouco acelerado e as pernas tremiam levemente.

Calma. Vai dar tudo certo. Repeti mentalmente como um mantra.

Assim que passei pelas portas de entrada do salão meus olhos se arregalarem levemente. Se achei o hall bonito, não tinha palavras para descrever aquele salão. Jamais teria imaginado um lugar assim. Olhando lá de cima tinha alguma ideia, mas era muito melhor aqui, de perto.

Tudo estava meticulosamente decorado com as mesmas rosas brancas da entrada. Vários arranjos distribuídos em harmonia e alguns pendendo do teto, junto de armações com pequenas velas, que davam a impressão de um céu estrelado.

Quando a noite chegaLeia esta história GRATUITAMENTE!