capitulo 11

3K 317 7

*Alana narrando*

*Alana narrando*

Ele estava perto, muito perto. E o pior? Ele estava chegando mais, mais perto.. caralho. Quando me dei por mim eu já estava encostada na parede e ele segurando minha cintura a apertando forte.

-O..o.. que está fazendo?- pergunto o encarando assustada, o que? Como assim eu estou assustada? Minhas formas estão bambas, não tenho reação.

O idiota não diz nada apenas aperta minha cintura me fazendo fraquejar, ele eva a boca em meu pescoço roçando aqueles lábios carnudos em meu pescoço nu me fazeno arfar. O que está acontecendo comigo? Minha loba está agitada, isso não é normal. Eu sempre expulso os garoto.. merda!!! Derek beija meu pescoço o o chupa me fazendo apertar seus braços. O que? Eu não sou assim! Força Alana.. o empurro o fazendo me encarar sorrindo

-Eu lhe odeio!- falo seria o encarando, ele está sorrindo. Cacete. -E nem tente interferir na conversa de Milena e James. Se nao eu arranco suas bolas!- falo e ele sorri de lado me fazendo bufar e correr até o quarto no qual eu dormi noite passada. Me jogo na cama assustada. Minha loba ficou excitada. Isso nunca acontece! Merda.

[----]

Me acordo com a porta do quarto sendo fechada a força. Olho vendo Milena com um vestido florido e uma sapatilha linda. Que isso?

-Onde a senhorita vai!- pergunto e ela sorri

-Sair com seu irmão!- ela diz sorridente, como sempre.

-Meu irmão é rápido!- digo rindo e ela sorri

-E lindo!- ela pensa alto me fazendo gargalhar -Vai a merda Alana! Ele é meu companheiro.- ela diz saindo do quarto

Me levanto a seguindo e logo a vejo sair pela porta com James. Que foto! Escuto alguém bufando e vejo Derek no sofa. Perfeito!

-Quem atacou a boate noite passada?- pergunto e ele da um pulo do sofá me encarando de cima a baixo. Ok.. minha roupa é meio vulgar. Estou com uma camisa que por cinal é de Derek, um short curto de malha e sem sutiã.

-Não posso dizer isso!- ele diz e eu ando ate o mesmo que esta perfeito sem camisa seria.

-A VOCÊ VAI ME DIZER PORQUE EU ODEIO QUANDO ME ESCONDEM ALGO.- Digo seria e ele me encara sério

-Então fica ai odiando!- ele diz e eu o empuro brava

-Da pra voce me dizer? Ou seu braço vai cair se você me falar?- o empurro e ele segura meua braços me fazendo tremer. Merda! Só porque ele me segurou minha loba fica excitada e pelo que estou sentindo o lobo dele também.. Cadete.

-Não me provoque Alana! Eu não irei dizer.- ele fala serio e eu soco seu ombro

-PORRA!- Grito o socando -O QUE CUSTA?- Grito e acabo socando sua barriga o fazendo me encarar bravo. Merda! Ele é o supremo. Tu Sabe como ele é perigoso?

-Alana.. sai daqui.- ele diz segurando a barriga e logo me encara.. os olhos dele.. estão vermelhos, muito vermelhos.

-MERDA..- Grito e o vejo rosnar. Ele está bravo.. eu ja ouvi falar em logo a bravos, e o alfa.. o supremo.. é perigoso. O que vou fazer? Cacete!

Ele acaba sentando no sofa tentando se acalmar, mas qualquer lobo sabe que ele está com raiva.. e isso é perigoso e assustador. Cacete! Por que eu não estou correndo pra longe. Merda.

O jogo no sofa o fazendo se deitar e me olhar com raiva rosnando. Me sento em seu colo tremendo. Ele pode me matar, mas isso é o único jeito.

-O que está fazendo?- ele pergunta com aquela voz.. a voz de lobo, a mesma do meu sonho.. cacete.

-Vou te acalmar!- digo respirando fundo e beijando aquele pescoço grande e incrivelmente macio. Me ajude luazinha..

Meu Indesejado Supremo Leia esta história GRATUITAMENTE!