Capítulo: Part 24

2 0 0

  Fui chamar o Paulo para a investigação, estamos querendo investigar essa pista que a minha filha me deu, espero que isso nos ajude com esse caso de uma vez por todas, só espero que a minha filha fique bem quando essa situação acabar.

  - Me diga por que você acha que eles foram atrás da sua filha.

  - Por que ela é líder de um fã clube do Daniel.

  - Você acha que eles pretendiam matar ela.

  - Não.

  Fico agradecendo a deus quando ela se encontrou com eles, estes dois não tentaram matar lá, se não eu não teria o que fazer, já que as pistas deste caso estavam praticamente acabando, ainda bem que a minha filha está viva.

  - A sua filha tem sorte.

  - Não diria isso.

- Ela está viva não está?

  - É, mas fica parecendo que todos que a minha filha gosto é um assassino.

  - Tem razão eu não imaginaria como seria este tipo de descoberta na cabeça de uma garota.

  A coisa que me dava mais medo será que ela vai ficar igual a mim Sei que não é a mesma coisa que o seu irmão ser um assassino, mas não diminui a importância, um amigo e ídolo que você adora serem um assassino.

  Espero que estes tipos de gostos, não represente algo grave no futuro, não quero um dia ter que perseguir a minha filha, ao descobrir que ela é uma assassina, sei que para mim Ela é um milagre só fico pensando quando esse milagre vai desaparecer.

  - Me diga você acha mesmo que são eles? – Diz o Paulo.

  - Do que você está falando?

  - Que são esses dois que tentaram atirar na gente?

  - Eles dois são amigos do Wagner.

  - Certo.

  - E tem mais.

  - O quê?

  - Eu descobrir de onde eles vieram.

  - Da onde?

  - Da mesma cidade do Wagner.

  Pelo que tudo aponta estes dois foram que mataram aqueles dois garotos, como telefonei para a escola da onde eles estavam descobrir que o Wagner e os amigos mortos eram considerados os bullys da escolha, por isso estava escrito na parede tudo que aconteceu comigo eu mereci.

  Por um lado podia parecer que eles se juntaram a ele para cometer aquele assassinato, mas pelo o que vi naquele apartamento, não parecia que o Wagner pensava por conta própria, então fez aquela coisa horrível de tentar matar a minha filha.

  Fico pensando e se a minha filha não me descobri isso na hora, como esses desgraçados são muito bons em controlar a mente de uma pessoa, a Cassandra iria ser escrava mental deles, fico enjoado pensando no que eles pediriam para ela fazer.

  Uma das primeiras coisas que vem na minha cabeça é a minha filha tentar me matar, tenho certeza que isso seria a primeira coisa deles. Rezaria para deus para ela não fazer isso, mas do jeito como ele seguiu a ordem deles, não duvido muito que ela faria isso.

  Chegamos ao prédio deles, falamos com o sindico do prédio, eles nos deixara entrar no prédio, chegamos ao apartamento, Quem atendeu a porta da casa foi a Roberta, apesar de ter a certeza de que eles estavam no apartamento, ainda queria a porta.

Segredos sinistroLeia esta história GRATUITAMENTE!