A verdade ou a morte?

79 7 0

O modo padrão dos relacionamentos já não é mais suficiente para as carências humanas.

No modo padrão cada pessoa assume e demonstra as suas melhores características, preocupada com a imagem que está emitindo. Ou seja, assume uma postura mais tensa do que a verdadeira.

Enquanto a verdade não imperar e os envolvidos na relação não optarem por alcançar o essencial e genuíno de cada um, estaremos vivendo em solo de areia movediça.

Aquele tipo de relacionamento em que cada um a seu modo encolhe a barriga para as fotos, faz o cabelo dez minutos antes de acordar para não perder a imagem das redes sociais já não é mais suficiente para as carências humanas, fruto desse nosso estilo de vida isolado.

É preciso rasgar tudo com a força da verdade. Mostrar-se a si mesmo cada vez mais real para, enfim, conquistar alguém de verdade e não um boneco.

© Dan Porto, 2014

www.danporto.com

Viver e ajudar a ViverLeia esta história GRATUITAMENTE!