-Há! Essa foi foda, vocês viram? – Perguntou Isaac, virando para Jake e os amigos – É assim que se joga. Não quero me gabar, mas eu sou muito bom.

-Parabéns Isaac.

Jake percebeu que Isaac e Joe trocaram olhares por alguns segundos. Ficou se perguntando se eles mantinham contato depois daquela vez que ficaram.

Aposto que eles se encontraram de novo depois daquilo...

Quando a aula de educação física terminou, os garotos foram para o vestiário masculino trocar de roupa. Naquele horário o lugar estava cheio de adolescentes tomando banho, caminhando de um lado para o outro cobertos de suor ou simplesmente jogando conversa fora com os amigos. Jake, Dylan e Joe tinham escolhido um lugar mais afastado para tomar uma ducha e colocar roupas limpas.

-Nunca fico confortável usando o chuveiro daqui – Dizia Joe. Estava debaixo da água, deixando-a escorrer por todo seu corpo nu.

-Eu também não, mas fazer o quê? Não podemos ir para a próxima aula sujos. Se bem que a gente nem se esforçou tanto assim... – Dylan respondera.

-Exceto no começo da aula quando o professor mandou a gente correr.

Assim que Joe terminou de tomar seu banho, Dylan entrou debaixo daquele mesmo chuveiro. Já tinha virado um costume dos amigos fazer isso, e o melhor de tudo era que ninguém podia vê-los ali, tão distantes.

O moreno estava se secando com uma toalha branca enquanto falava com Jake.

-Você já terminou aquela lição de geografia?

-Sim. Fiz ontem à noite. Me lembrei de última hora, quase que eu esqueço. A professora ia reclamar muito...

-Depois me mostra, quero ver se eu fiz certo.

-Beleza.

Antes de colocar uma cueca, Joe olhou para baixo e disse:

-Preciso dar um jeito nisso.

-No quê? – Perguntou Jake, distraído.

-Olha só pra isso. Tá uma juba. Eu odeio pelos. É que ultimamente tenho tido muita preguiça de me depilar...

-Nem está tanto assim. Olha o Dylan, ele tem muito mais que você.

O skatista estava parado debaixo do chuveiro, deixando a água lavá-lo por completo.

-Mas eu não gosto – Falou o moreno e então colocou uma cueca, uma calça jeans e uma camisa. Caminhou até um armário próximo e tirou de lá um par de tênis e meias brancas. Dentro daquele armário também havia um desodorante em spray, que Joe usou em ambas as axilas sem pelo. Seus cabelos negros estavam úmidos e ele se sentou em um banco para poder calçar os sapatos.

Jake foi o último a tomar banho. Pediu que Dylan ficasse ali com ele, para o caso de alguém passar. Os boxes do vestiário eram divididos por uma parede branca, mas não havia portas, por isso os meninos ficavam expostos. O skatista permaneceu parado em frente ao boxe de Jake, como se fosse um segurança de shopping, impedindo que qualquer um visse seu namorado pelado.

Mas não tinha ninguém por perto a não ser Joe calçando os tênis.

-Você é realmente ciumento, não é Dylan? – O moreno perguntou, amarrando os cadarços do par esquerdo.

-Um pouco. Mas eu só faço isso por que o Jake me pediu.

-Por que não colocam portas nesses malditos boxes?

-Sempre foi assim, desde a primeira vez que eu vim pra essa escola – O skatista comentou. Recordou-se do seu primeiro dia na Colton High. Sentira-se muito deslocado, e seu irmão Kevin não lhe dava atenção.

A Vida de Jake (Romance Gay)Leia esta história GRATUITAMENTE!