Capítulo 01: Foi só mais uma história de verão.

23 0 0

Começar uma história de verão que é narrada na praia é inevitável. Escrevo isso no meu diário enquanto observo as ondas se entrelaçarem e sinto o cheiro da maresia se instalar no ar.  De todos os lugares mais bonitos que já conheci o pôr do sol de Recife continua sendo meu favorito. O tom de azul do mar se mistura com o alaranjado do céu e instala quase que instantaneamente a calmaria no ambiente. 

- Ah Recife. Digo suspirando e admirando a paisagem. 

Gostaria tanto de ter crescido aqui, ter tido amigos e uma vida normal. Com dezesseis anos já viajei mais do que maioria das pessoas com vinte. Talvez em algum lugar do mundo isso seja vantagem para alguém, mas quando se tem dezesseis, tudo que você quer é ter amigos e poder juntar suas amigas numa festa do pijama e falar dos livros que estão lendo, dos rolos, namoros e cantar Taylor Swift. Nunca tive um namorado, o que assusta boa parte das minhas colegas quando consigo fazer amizade em algum colégio pelo qual fico no máximo seis meses antes de trocar de país outra vez. 

Ter um namorado no ensino médio é quase um mantra. Todas garotas querem um, não nego que por muito tempo quis também. Mas refletindo comigo mesma e criando projeções para o meu futuro percebi que isso é o que menos importa, porém ninguém vai te falar isso. Ou você descobre sozinha ou vira uma dessas pessoas iludidas que acha o amor verdadeiro toda semana. Não que eu julgue sentimentos intensos e rápidos, porém não me levem a mal, nunca conseguiria mergulhar de cabeça numa história unilateral, sem reciprocidade para ser mais exata. Apesar de não ter tido nem um relacionamento solido e só ter beijado duas pessoas na vida, tenho doutorado em livros de romance e sei muito bem que um coração acaba partido quando sentimento não é mútuo.

Bom, acho que ainda não me apresentei, meu nome é Liz. Meus pais são correspondentes internacionais e já conheci metade do mundo. Menos o coração de um garoto. 

Aconteceu no verãoLeia esta história GRATUITAMENTE!