Mais um dia no paraíso.

713 85 140



       Mabi e eu passamos a noite juntos, ela descansou em meus braços e me fez passar grande parte do tempo apenas a observando. Sim, acredito que a maioria das pessoas perde o sono quando sabe que tem um anjo dormindo do outro lado da cama. Meu pequeno anjo. Não consigo esquecer-me do quão maravilhoso foram nossos momentos ontem. Lamentei baixinho quando tiver que leva-la para o quarto das meninas no meio da madrugada, se dependesse de mim ela ficaria em meu quarto pelo resto de nossas vidas. Mas para evitar comentários e reclamações de meus pais e das meninas, combinamos que ela iria voltar para o cômodo das meninas quando fossem às quatro da manhã.

      Como era de se esperar, a minha menina dormiu profundamente e não acordou no horário previsto, então, a carreguei no colo. Peguei seu frágil e pequeno corpo e o depositei calmamente no colchão. Fiquei alguns minutos a admirando e tendo que ouvir Fernanda conversando sozinha enquanto dormia, Bernardo estava certo quando disse que minha irmã era louca, em seus sonhos ela estava simulando uma discursão com ele, como sei que a discursão era com ele? Simples ela dizia milhares de vezes '' você pode ser bom como pintor, como desenhista, mas como investimento amoroso não passa de um safado''. Que tipo de pessoa normal faz isso? Nenhuma é claro. Tentei não dar risada para não acordar ninguém e cobri a Mabi com um edredom.

       Minha vontade era fazer algo especial para quando minha princesa acordasse. Mas como iria fazer se nesse mesmo quarto estão as duas pessoas mais sugadoras de fofoca do mundo? Não irei nem me surpreender se amordaçarem Mabi a procura de informações sobre nossa primeira noite. Resolvi deixar uma pequena carta debaixo do lençol, assim quando ela acordar vai se mexer, ouvir o barulho do papel e lê-lo.

Carta

Querido Anjo,

       Queria muito ter tido a oportunidade de te ver despertar, tenho certeza que seu sorriso é bem mais brilhante que o raiar do dia, acho que não deve existir nada mais belo do que ver seu pequeno corpo se espreguiçando depois de uma boa noite de sono, se bem que acho que não dormimos tanto assim. O que diminui minha frustração por não ter acordado ao seu lado é saber que não faltarão oportunidades para vivermos isso.

        Senti muita vontade de te levar um café na cama, mas acredito que Fernanda e Júlia devorariam tudo e provavelmente te deixariam com fome. Então prefiro que a gente faça a refeição juntos, assim você não corre o risco de ficar sem comer. Você sempre sendo o equilíbrio no meio daquelas doidas. Fico me perguntando a quantidade de coisas que você já se meteu apenas para ajudar os outros. Que mania é essa que você tem de se doar inteira aos outros? Prometo que partir de agora me doarei a você. Corpo, alma, e coração.

      Mas sabe, mesmo você sendo tão equilibrada, conseguiu desestabilizar todas as minhas defesas. Esse teu jeito amedrontado, tímido , essa sua mania de ficar falando termos que ninguém que não é da área da saúde entende, afetou completamente meu sistema imunológico sabia? Meu corpo está completamente indefeso diante de sua maravilhosa existência.

       Encontrar-te perdida na universidade foi a melhor benção que eu poderia ter ganhado. E em pensar que quase não fiz faculdade , devo levantar as mãos para o céu e agradecer a Deus e minha mãe por terem me feito mudar de ideia, não sei como seriam meus dias hoje se não tivessem você por perto. Acostumei-me a te ter do meu lado e não quero perder isso por nada. Desculpe-me se estou sendo precipitado, como já falei inúmeras vezes atolo o pé em tudo, e bem posso te afirmar que tem algo muito grande crescendo aqui dentro, e, por favor, não surte achando que estou doente. Estou falando de sentimento, algo que se espalha dentro de mim cada vez que estamos juntos, cada vez que vivemos algo como ontem a noite.

Ao som das batidas do seu coração .Leia esta história GRATUITAMENTE!