estou postando essa foto porque deu vontade, sei lá

estou postando essa foto porque deu vontade, sei lá. tão Bia no passado... e quem não conhece a fonte da imagem, assitam! o filme se chama "meninas malvadas". <3 #reginageorge

***

Fazer aniversário não é algo extremamente legal. Quando a gente é criança, acha megadivertido porque ganhamos presentinhos e temos festinhas nas quais encontramos nossos melhores amigos. Porém, desde que entrei no mundo da moda, passei a competir com minhas amigas para ver quem ia dar a melhor festa. Mesmo que não admitíssemos, era isso basicamente que eu, a Let e a Tai fazíamos.

Desde que surtei com elas na semana passada, elas não falaram mais comigo. Hoje é meu aniversário e até agora elas não me parabenizaram na escola, assim como nenhum de outros colegas meus. A Babi chegou atrasada. Quando entrou na sala durante a aula de física, sibilou em minha direção algo como "parabéns", passou por mim e se sentou cadeiras atrás.

Queria que tivéssemos a liberdade de nos abraçarmos e conversarmos sem toda essa coisa de marketing que o Tito propôs. Queria ser amiga dela sem ser às escuras. Queria poder fazer e falar qualquer coisa que não fosse às escuras. E nem de mentirinha, como minha aproximação com o Gabes.

Se bem que nosso beijo foi tão real. Ainda me sinto flutuando quando lembro. Até me vi passando com minha mão em minha boca vez ou outra recordando do nosso momento.  Estou tão em outro planeta que nem lembro o que a professora de física falou durante a aula. Aliás, cadê o diário da Amanda? Ela ainda não me devolveu assim como não falou nada sobre ele.

Jogo minha maçã no lixo por qual eu passo. Estou no intervalo entre aulas, sozinha, no dia do meu aniversário. Mas tudo bem. Ando até um banco que há no pátio e sento nele, esticando minhas pernas e encarando meu All Star vermelho da vez. Faço um biquinho para minha solidão.

Por que estou me importando? A Let e Tai estariam aqui comigo, falando vários nadas, mas assim como eu, não seria porque ambas queriam estar, mas porque as obrigaram. Eu não quero isso. Quero que me amem pelo que sou, pelo que conhecem de mim, e não pelo que eu estou fingindo ser.

Suspiro cansada outra vez e pego meu celular no bolso da minha calça jeans. Decido tirar uma selfie de mim mesma mandando um beijo e passo para o Tito com a seguinte legenda "Parabéns para mim!", para que ele aprove ou não. Olho algumas notificações e quase caio para trás quando vejo uma marcação minha em uma foto do Neymar.

Oh, meu Deus! O Neymar!!! O Neymar postou uma foto nossa me desejando feliz aniversário. Caramba, eu não poderia ter um presente maior! Que alegria! Abro a foto com um sorriso do tamanho do céu e já sentindo meus olhos umedecerem antes mesmo de ler o texto que ele me escreveu.

@neymarjr: PARABÉNS !!!! Você sabe que só te desejo o melhor!! Que Deus possa te abençoar cada vez mais!!!

Eu não sou amiga do Ney, mas meu irmão, que é jogador de futebol como já cansei de falar, é. Eles são bem brothers mesmo e, com isso, conheci o Ney durante o Campeonato Brasileiro de 2016, quando o Internacional, clube em que meu irmão joga, enfrentou o Fluminense nas quartas de final e o ídolo brasileiro estava lá, assim como eu, prestigiando meu irmão. Mas não esperava por uma postagem como essa. Que coisa mais fofa!

Meu pequeno vazio #BiaLeia esta história GRATUITAMENTE!