Mudanças

299 16 0


Jake Willians estava deitado na cama, com a cabeça sobre o travesseiro, descalço, usando um casaco preto e uma bermuda bege. Ao seu lado o celular permanecia parado e silencioso, enquanto o adolescente esperava por uma ligação. Gostaria de saber o que estava acontecendo na casa de Dylan, já que aquela era a noite em que o skatista e o irmão Kevin, iriam conversar com os pais. Tudo seria revelado e Jake estava com muito medo do que poderia acontecer dali pra frente.

Kevin tinha retornado para a casa dos Jones um dia depois da visita do irmão e de Jake. Parecia estar disposto a mudar a sua vida. Jake percebeu que não sentia mais tanta raiva dele, apesar de não o ter perdoado por causa do abuso. Ele precisava pagar por isso, mas não cabia a ele decidir como. O loiro só queria que Dylan ficasse bem e ao seu lado. O relacionamento dos dois era a coisa mais importante.

Eram quase dez da noite e Dylan ainda não havia ligado. Jake estava começando a ficar inquieto.

O que será que aconteceu? Como os pais do Dylan vão reagir quando souberam que ele é gay? Como vão reagir quando souberem do que o Kevin fez? Será que vão chamar a polícia? Será que vão prendê-lo?

Essas perguntas atormentaram Jake durante horas. Ele havia jantado em silêncio com os pais e subido para o quarto rapidamente. Não queria dormir, precisava saber o que estava acontecendo. Dylan prometeu que ia ligar, mas já fazia tanto tempo...

Às vezes parecia que tudo não passou de um mal entendido. Mas infelizmente não era. Kevin tinha mesmo abusado do irmão. Quando imaginava a cena, Jake sentia bastante raiva.

Ninguém tem o direito de tocar no Dylan.

Virou-se para o outro lado da cama e encarou o guarda-roupa. Aos poucos, foi sentindo-se sonolento e chegou a fechar os olhos por um momento. Voltou a abri-los minutos depois, mas graças ao silêncio do quarto, não conseguiu mantê-los abertos. Acabou dormindo de vez, sem colocar seu pijama e sem puxar o lençol para cobrir-se. Naquela noite teve um sonho erótico.

Ele e Dylan estavam na cama trocando caricias, até que Kevin apareceu e pediu para se juntar a eles. Jake dissera que não e então o sonho se transformou e ele começou a caminhar por uma praia sozinho, olhando pro céu. Ouviu alguém chamar seu nome e olhou para trás, vendo Liza Owen correndo na areia na sua direção. Os dois se beijaram em frente ao oceano.

Acordou naturalmente as seis e meia da manhã. O sonho com Liza tinha lhe incomodado bastante e ele disse a si mesmo que aquilo não queria dizer nada. A única pessoa que desejava era Dylan. Amava-o e ficaria com ele para sempre.

Quando voltou do banho alguns minutos mais tarde, viu que tinha recebido uma mensagem no celular.

Chega mais cedo na escola pra gente conversar.

Ao ler isso, Jake apressou-se em trocar de roupa, pegar a mochila e descer até a cozinha. Tomou o café o mais depressa que pôde, se despediu dos pais e saiu mais cedo do que de costume. Andou os quarteirões até a escola em passos rápidos e chegou na esquina da Colton High um pouco ofegante. Dylan já estava ali sentado na calçada, esperando por ele.

-Oi – Jake disse – Há quanto tempo está aqui?

-Uns cinco minutos. Que horas são?

Jake pegou o celular do bolso e viu que faltavam quarenta minutos para o início das aulas.

-Vamos entrar e ficar no pátio – Dylan sugeriu.

Assim eles entraram na escola praticamente vazia. Quando chegaram ao pátio, havia apenas uns faxineiros fazendo seu trabalho. Jake e Dylan se sentaram em uma mesa vazia, um de frente para o outro. Eles colocaram as mochilas em cima da mesa e se entreolharam.

A Vida de Jake (Romance Gay)Leia esta história GRATUITAMENTE!