Diálogo #5 - Cenário e diálogo

660 79 9





Dependendo do lugar que estamos, nos comportamos de maneira diferente. Essa é uma norma social básica (mesmo que alguns insistam em ser "a mesma pessoa" em qualquer situação). E essa regra deve ser aplicada à sua história.

Se você discorda dessa premissa, lembre-se de quando você encontrou um amigo numa festa. A festa está ótima e você está feliz com a sua vida e com a amizade de vocês. Agora imagine como seria o seu comportamento se você encontrasse esse mesmo amigo num cemitério. E se fosse o enterro da mãe dele. Você agiria da mesma forma? Sem dúvida alguma, não.

Sua história funciona de maneira semelhante: o cenário deve afetar o que seus personagens falam e como eles falam. Parece óbvio em casos extremos, como o de cima, mas em situações mais sutis o impacto do cenário também deve estar presente. O que não é algo simples de se fazer, e que poucos conseguem com primazia.

Para sermos didáticos, vamos dividir os fatores que devem ser levados em consideração, mesmo que alguns deles aconteçam ao mesmo tempo:


- Antes de mais nada, deve-se criar a personalidade do personagem (considerando os seus defeitos, passado, ambições...)

- A partir e de acordo com a personalidade do personagem, deve-se criar uma forma única com que ele fala e age.

- Então, deve-se trabalhar o enredo e o personagem para que eles sejam harmônicos.

- Com um bom enredo, defina as cenas.

- Delimite a carga dramática para a cena.

- Procure o cenário ideal para a cena.

- Entenda a carga psicológica da cena sobre o personagem.

- Entenda como o enredo, a cena, as cargas e o cenário influenciam o personagem e consequentemente o diálogo.


Se você achou tudo isso difícil, é um bom sinal. É fácil sentir a diferença do impacto de um lugar se compararmos uma sala de aula e um motel, mas entre uma loja de móveis e um supermercado a diferença é tênue.


OBS.1: Quase sempre que o efeito na trama é sutil, mas importante, o trabalho acaba sendo feito em uma das revisões. Por isso, não se preocupe em acertar da primeira vez. Escreva a primeira versão e só na segunda pense no impacto do cenário no diálogo.

OBS.2: Contudo, ao ter isso em mente, com o tempo, a tarefa pode começar a ser feita naturalmente.


***

A participação de vocês é imensamente importante! Peço que usem os comentários para críticas, perguntas, opiniões e sugestões de temas. Se gostarem, não deixem de votar e adicionar à sua lista de leitura para não perder os próximos capítulos.

GUIA do Escritor de FicçãoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora