Capitulo 22

446 44 17

~Isa~

Acordei no outro dia bem acabada!
Odeio brigar com meu pai.
Levanto e me direciono ao banheiro, que está trancado.
Aff.
—Manuela anda logo garota!- bato bruscamente na porta.
Minutos depois ela sai só de roupão com o cabelo molhado e me olha com carinho.
—Que?- pergunto.
Eu ein fica me olhando sem parar!
—Chegou uma carta pra você! Coloquei em cima da sua mesa!- diz e senta em sua cama, de frente ao guarda roupa, provavelmente pensado no que vai vestir.
Estranho.
Carta pra mim?
Vou até à mesa e pego a carta.
"Para minha Isabela"
Está escrito no verso da carta.
Sorrio fraco.
De quem será??
Abro rapidamente.
"Como vai minha linda? Desde o dia em que te ajudei na floresta não paro de pensar em você! Acho que precisamos conversar, se quiser, vou estar no almoxarifado as 9:00 te esperando. Preciso lhe dizer pessoalmente o quanto gosto de você!!"
Téo?!
Ele mandou a carta?
Só pode ter sido, ele foi o único que já me ajudou na floresta.
Aí meu Deus!!!
Sorrio incondicionalmente.
—Gostou do remetente?- Manuela indaga, já vestida, vendo minha alegria ao ler a carta.
Nossa por um instante até esqueci que ela estava aqui.
—Com certeza!- digo alegre.
Olho as horas.
Oito e meia.
Só tenho meia hora pra me arrumar.
Corro pro banheiro, deixando Manuela assustada.
Tomo banho e coloco uma roupa super bonita, alguns acessórios básicos e uma maquiagem bem básica e simples.
Me olho no espelho, ficando
feliz com o resultado.
Olho o relógio novamente, oito e cinquenta e oito.
Me apresso e paro em frente à porta do almoxarifado.
Depois de uns minutos escuto passos.
—Oi princesa!- uma voz grave invade meus ouvidos e me viro dando de cara com o.......Omar?
—Omar?- estranho
—Gostou da carta?- se aproxima de mim.
—Mas o Téo, não...não foi o Téo?- falo pausadamente raciocinando o momento.
—Óbvio q não! Isa o Téo não gosta de você, não como eu gosto!!- se aproxima mais ainda ficando bem perto de mim.
—Mas a floresta, foi ele q....
—Isa, esquece, agora somos eu e você- pegou meu rosto com uma das mãos e me puxou para ele com outra.
—Que pena, porque eu não quero nada com você!- digo grossa e empurro o mesmo.
Ele me puxa de volta e mexe a cabeça negativamente.
Em instantes sinto seus lábios colados nos meus e um arrepio enorme percorre meu corpo.
Mas não aquele arrepio bom e sim um arrepio horrível como se meu corpo dissesse: "Eca!".
Me separo dele e vejo um vulto saindo de perto rapidamente.
Quem poderia.....Téo!
—Ah não! Não não não não!- digo muito rápido- Idiotia!!!- dou tapa em seu rosto- Se fizer isso de novo, eu acerto você!- saio apressada indo para o refeitório, onde a maioria das pessoas estão, e em um canto isolado vejo Manuela abraça a Téo.
Ficaram um tempão abraçados e eu fiquei um tempão observando eles.
Puf!!
Patético!!
De repente eles saem do abraço, Manuela fica na ponta dos pés, por ser pequena como eu, e.....beija o Téo?
O que?
—Traidora!- sussurro respirando  pesado.
Vou para o centro do refeitório.
—SUA TRAIDORA!!!- grito, chamando a atenção de todos presentes ali, inclusive minha irmã e o Téo.- EU CONFIEI EM VOCÊ!!- a olhei com os olhos marejados.
—Do que está falando?- ela pergunta.
—Eu te confiei meu maior segredo, e você faz isso comigo?- aponto para Téo.
—Isso o que Isabela!?- Téo me encara.
—Sua idiota!- arqueio uma sobrancelha e uma lágrima escorre.
—Isabela temos que conversar!- papai me chama e vai na direção da sala dos protetores.
—Eu espero que você dois sejam muito felizes!- suspiro triste e olho decepcionada para minha irmã e para Téo, saindo logo em seguida.
Não controlo, lágrimas caem...

Unicórnios coloridos 🦄 do meu core❤️, mais um cap, demorei um pouco pq as coisas estavam bem corridas por causa do Natal e tals!!
Oq acharam do cap??
Usa e Manu nw se intendem de vez aff, e pq será q a Manu beijou o Téo? Oq será q tá acontecendo???
Então, na semana que vem eu vou pra praia e volto só em janeiro, ou sejaaaa, vou ficar um boooomm tempo sem postar!!!

Bjinhus da Lari💜
🍃🌫🔥💧

O poder dos elementos Leia esta história GRATUITAMENTE!