Kyara Bieber Point's Of View.

– Bom dia.

Abri os olhos depois de ouvir o estrondo do peito de Justin enquanto ele falava. Eu tinha minha cabeça colocada confortavelmente contra seu peito nu e inclino a cabeça para cima para encontrá-lo olhando para mim com um sorriso. Sorri sonolenta para ele. – Bom dia. – Eu murmurei.

Ele riu e me puxou para cima na cama onde ele estava situado contra a cabeceira. Eu já estava apoiada totalmente contra ele com a cabeça apoiada em seu ombro. – Como foi seu sono?

– Eu realmente não posso responder a isso quando eu estava quase dormindo. – Eu provoquei correndo os dedos até seu estômago definido. Durante toda a noite, eu estava perguntando como Justin consegue ser tão lindo. – Mas a minha noite? Oh, foi a melhor.

– Eu digo o mesmo. – ele beijou o topo da minha cabeça. Ele pegou minha mão esquerda na sua e o sol refletia de alguma coisa. Era seu anel de casamento.


Fiquei olhando com curiosidade para ele, examinando-o. Nenhuma uma vez durante nosso casamento tinha visto Justin usá-lo. Bem... Não que eu observei. Sempre achei que ele colocava quando ia sair ou algo do tipo. Eu sempre usei o meu. Só me sentia mal em não usá-lo mesmo não estando realmente casados.


Vendo minha expressão Justin limpou a garganta. – Eu sempre usei isso se é o que você esta pensando.


Eu balancei a cabeça e disse baixinho. – Eu nunca percebi. – Eu coloquei minha mão sobre a dele com o meu próprio anel de casamento. Então eu comecei a rir. Meu marido olhou para mim com um olhar curioso. – Estou apenas lembrando do dia em que você propôs na Starbucks e nos casamos logo depois... Agora que eu penso sobre isso. Que tipo de pessoas fazem isso? 

Ele sorriu com a lembrança. – Eu era um burro.

– Você ainda é. – eu brinquei e beijo sua bochecha. – Eu te amo.

– E você sabe que eu te amo.

– A noite passada foi tudo o que eu esperava que fosse. – eu admito com um olhar confiante para ele. – Você sabe que eu estava com medo no início, eu quero dizer. Eu não tenho o melhor corpo como Sandy ou suas amigas modelo com a minha cicatriz de gravidez. Eu pensei que talvez que quando você visse, você ficaria desligado ou... ou fechar os olhos como Marcos fez depois que tive Helena.

– Mas eu não fiz. – ele interrompeu – Eu não sou Marcos. Por favor, Kyara não deixe-me ouvir você me comparar com ele nunca mais. – Eu balancei a cabeça com vergonha. – Sua marca de gravidez? –  Ele passou a mão por baixo a minha barriga nua e acariciou. – Ela define Helena. Ela é uma parte de você. Honestamente? Eu acho que ela faz minha esposa a mulher mais sexy do mundo.

Corei quando ele disse virando meu rosto para o lado para olhar poder olhar ele.

– Você Kyara é a única mulher que é capaz de me tirar o fôlego, nós fizemos amor. Nenhuma outra mulher antes de você teve o mesmo efeito em mim como você tem. Ontem foi a primeira vez e foi extraordinário. Imagine os próximos anos quando fazemos pequenos irmãos ou irmãs para a nossa filha poder brincar com eles. E eu não posso esperar para tê-los.

– Eu não posso esperar tanto. – eu disse imaginando como a nossa vida seria daqui cinco, dez anos a partir de agora. – Eu quero dizer que eu te amo, mas eu já disse isso muitas vezes.

– Eu não me canso de ouvir você dizer essas palavras. – ele respondeu com um beijo longo e profundo.


Bound || JBLeia esta história GRATUITAMENTE!