Capitulo: Part 18

2 0 0

  Eu estava no restaurante ainda preocupado que a policia poderia ainda está me perseguindo, uma coisa que eu ficava me perguntando será que este finalmente vai ser o momento da policia me prender, eu sábia que a policia estava na minha cola, queria que por um momento a polícia não estivesse mais me procurando, para pelo menos assim, poderia agir com mais liberdade, mas essa é uma sorte que eu não poderia contar, depois de comer a minha refeição, eu simplesmente fui andar na rua, de repente quando eu estava andando, senti um toque no meu ombro e quando eu me virei era os irmãos serrada.

   – Como vai Daniel – Falou o Irmão dos irmãos serrada.

   – Estou preocupado para porra se é que você quer saber.

  – Mas tenha calma fique tranquilo que a gente vai resolver essa situação.

  – Como assim vocês vão resolver essa situação?

  – É que a gente tem um ás na manga.

  – Existe um garoto que ele fazia parte do bully da escola, nós matamos os amigos dele, mas não se preocupe foi muito antes de te conhecer, de verdade quero dizer, daí nós matamos os amigos e deixarmos ele louco, daí então eles está nos obedecendo a dês desse dia.

   Com tudo que ele disse naquele momento, à coisa que me deixou mais arrepiado, foi quando ele me contou que matou duas pessoas, sem nenhum arrependimento, e na lata bem na minha frente, não sábia como responder a isso, nem se quer como reagir e ainda levando em conta que não foi eu que matei aquela garota foi o Roberto, foi esse desgraçado que me colocou nessa situação toda, queria que ele pelo menos aparecer-se aqui, para pelo menos lidar com um desses problemas, isso é uma coisa que ele nunca fazia aparecer quando tem mais alguém na sala, isso era uma coisa que me deixava completamente louco. 

   – Quem é esse tal sujeito? – Falei para os irmão serrada.

 – Não se preocupe você não o conhece – Falou o irmão.

   – Só quero saber o nome dele.

 – Ok, se você quer tanto saber o nome dele é Wagner. 

   – Me diga o que você mandou este Wagner fazer?

   – Nós pedimos para ele ir atrás da filha do policial que está te investigando. 

   Quando ele falou essa noticia o meu coração parou, porque se o policial descobrir que a pessoa que foi atrás da filha dele, tem alguma coisa haver comigo, ele vai para cima de mim. sem dó nem piedade, provavelmente ele iria me matar, eles dois estão engatilhando a arma e apontando na minha direção e só esperando que o policial puxe o gatilho.

  – Vocês estão loucos? – Falei para os irmãos.

  – Ah, o que foi relaxa – Disse a irmã.

  – Relaxar vocês tem alguma ideia do que vocês fizeram?

  – Nós vamos terminar o problema.

Segredos sinistroLeia esta história GRATUITAMENTE!