28

2K 263 51

  Recado no final do capítulo

              Frederico Borges

Nunca estive mais feliz, e essa felicidade tem nome, sobrenome e um sorriso lindo: Maria Luiza Soares. Sério, eu jamais imaginei que estar apaixonado fosse tão bom. Malu desperta o melhor de mim, eu quero ser o melhor pra ela.

Nada poderia estar melhor. Finalmente a Malu me entendeu, estamos namorando, aproveitando o feriado, pegando um bronze... Sem ter que me preocupar com os problemas da empresa...

Pena que amanhã a realidade baterá em minha porta novamente. Amanhã voltaremos para São Paulo, porque achamos melhor subirmos a serra um dia antes do feriado acabar para não pegarmos trânsito.

Eu e Malu voltaremos sozinhos para a capital, enquanto seus pais, Lucas, tia Juju e Alessandra voltarão direto para o interior. Quase duas horas num carro com a Malu. Sozinhos.

Mas, com a chegada da nossa partida, também chega a hora de dizermos toda a verdade para a família da minha namorada. Dizer que estou nervoso é um tremendo eufemismo, eu não faço a menor ideia de como eles vão reagir quando descobrirem que mentimos.

Á uns cinco minutos mais ou menos, a Malu chamou sua família para se sentar na mesa porque teríamos algo muito importante para contar para eles. E, bem, eles estão nos olhando completamente curiosos.

—Falem logo, pelo amor de Deus! Eu não aguento mais essa demora! — Tia Juju, muito compreensiva – só que não – exclama.

Olho para Malu, que me olha igualmente nervosa, até que respira fundo e joga a verdade no ventilador.

— Então, eu e o Fred...

— Não precisa nem continuar, Maria Luiza. Eu já sei de tudo! — Sandra se exalta levando da mesa.

Lascou!

—D-de tudo? — Acho que Dona Sandra vai me atacar.

—Sim, Frederico, de tudo! Como você pôde fazer isso conosco? Nós confiamos em você!

—Sandra...— Sérgio intervém.

— Não, Sérgio. Agora eu vou falar!— Nunca vi a mãe da Malu tão brava, e acho que nem ela a viu assim antes.

—Mãe, calma. Nós vamos explicar tudo.

—Maria Luiza Soares! Estou muito decepcionada com você, como, depois de tanto conversarmos, você me aparece buchuda?

Oi?

Juju solta uma lufada de ar completamente surpresa.

Até que tudo acontece rápido demais: Sérgio levanta-se e num rompante, dar-me um maldito soco na cara me fazendo cambalear para trás.

—PAI! Por que você fez isso com o Fred? — Grita Malu vindo em minha direção.

—Porquê? Você ainda me pergunta o porquê? — Sérgio está transtornado.

O que uma maldita buchada tem com isso?

Eu não estou grávida. Parem de ser loucos! — Malu grita.

—Ah! Graças a Deus! — Sandra comemora.

Buchuda? Okay, agora é fato, pra entender essa família eu tenho que andar com um dicionário. Primeiro chico, agora isso!

—Ô rapaz, perdão aí. — Sérgio me dá uns tapinhas nas costas. — Mas sabe como é, minha princesinha...

—Sérgio, Sandra e família, — começo, colocando o gelo que Malu pegou pra mim, no meu maxilar dolorido. — Malu não está... Buchuda. O que nós estamos querendo contar é outra coisa.

Mentira ApaixonanteOnde as histórias ganham vida. Descobre agora