Capitulo: Part 10

Começar do início

   - Tudo que a gente tem a fazer é esperar - Falou o Roberto.

   - Só esperar para mim não vai ser o suficiente. 

   - Nós não podemos fazer nada drástico.

   - sabe uma coisa que é engraçada.

   – O quê?

   - Nossos pais querem que a gente se tornem boas pessoas, não é? 

   - Sim, por quê?

   - Só que fica me parecendo o que a sociedade quer é bem diferente do que os nossos pais querem essa sociedade está querendo que a gente seja mal.

   - Você quer deixar a sociedade vencer. 

   - Eu realmente não sei o que quero. 

   - Engraçado. 

   Quando Roberto escutou que ela não sabia o que queria, ele notou que ela estava mentindo, que sabia exatamente o que queria, mas não estava querendo falar, por algum motivo, mas ele achava que sabia o que ela queria.

   - Queria que as coisas fossem que nem os filme de terror - Disse a Roberta. 

   - Eu não entendi essa por que você falou isso?

   - É que nos filmes de terror, pessoas como eles são mortas. 

   - Você está se esquecendo de uma coisa muito importante sobre o mundo do terror. 

   - O que seria? 

   - Que pessoas como nós também são mortas, não são sempre os malvados, que morrem nos filmes de terror às vezes as pessoas boas também morre. 

   - Tinha me esquecido desse pequeno detalhe.

   - Pequeno detalhe? 

   - Ok, grande detalhe.

    Ela sabia que se este fosse um mundo de terror, uma coisa que provavelmente aconteceria que eles provavelmente seriam mortos, mas ela queria fazer de tudo para garantir que os valentões, também sofram essas consequências.

   - Eu acho que não vou aguentar esperar por tanto tempo - Disse a Roberta. 

   - O que você quer fazer para matar o tempo.

   - Matar o tempo?

   - Alguma coisa para fazer... 

    - Eu sei o que isso significa. 

   - Desculpe, é que me pareceu que você estava perguntando o que isso significava. 

   - Me desculpe, se eu dei essa impressão. 

   - Então o que você estava pensando? 

   - Eu não sei bem se eu posso falar.

   Ela estava querendo falar, apesar do irmão dela gostar das mesma coisa que ela, sendo que alguns gostos se diferenciam, mas não sabe se ele concordaria com o pensamento dela. 

   - Você sabe a frase "matar o tempo"? - Disse o Roberta.

   - Sim, por quê?

   - Eu estava pensando em tirar o tempo dessa equação toda. 

   - Mas com isso só tem...

   - Exato. 

   - Você está falando em matar? 

   - Sim. 

Segredos sinistroLeia esta história GRATUITAMENTE!