Capitulo: Part 6

2 0 0

    Numapequena casa branca, ao redor da casa era murada com cerca elétrica por cima detodo o muro, essa é a casa onde o Daniel Rochers tinha crescido, apesar de tero rendimento para morar sozinho, ele sempre quando podia ia à casa dos pais. Ao contrario das outras vezes que eleia para a casa dos pais para este tal almoço, ele estava apreensivo olhandopara um lado e para o outro, uma coisa que ficava constante na cabeça dele éque será que a polícia vai tentar invadir a casa deles, bem no meio dojantar. 

   Estepensamento só acontecia por que ele não sabe se tinha removido todas asevidências, foi por sorte dele que tinha se lembrado de pegar o celular, antesque a policia pegar-se, só que apesar de que eles estavam com o celular, só quedestruíram só um pensamento veio para eles depois será que ela falou paraalguém, era uma coisa que eles não podiam verificar por que destruíram objetoda garota. A irmã de Daniel chega perto dele, ela temcabelos cumpridos e pretos, estava usando uma camisa branca, e uma saia curta,que também era branca e então chega perto dele. 

   – E ai Daniel como vai à vida de subcelebridade – Disse a irmã. 

   – Sub celebridade? 

   –Sim, por quê? 

   – Você só pode está de brincadeira comigo. 

   – Qual Le você não é uma celebridade. 

   – Porque não sou tão conhecido ou mais do queessas celebridades que você conhece. 

   – Você realmente se acha tanto assim? 

   -Eu não me acho eu sou assim. 

   – Eu não sábia que o seu ego eratão grande assim.

   – Talvez você não me conheçaassim tão bem. 

   Esta foi a primeira vez que ele se importoupelo está tos como as pessoas chamam ele, nunca demonstrou enquanto morava comeles que ele tinha um ego grande, nunca foi de brigar por causa disso.

   – Ok, me desculpe se eu ferir o seu ego -Disse a irmã dele. 

   – Está desculpada Carina. 

   –Bem como vai a sua vida de youtuber?

   - A minha vida vai bem.

   – Você teve algum encontro com alguma fã? 

   Quando ela fez esta pergunta imediatamente eleentrou em pânico, estava se controlando para não ter um ataque de pânico, seele tivesse isso seria muito difícil explicar o motivo do ataque, não podiadizer que o motivo do ataque foi que o amigo dele matou uma fã dele, e eleencobriu esta situação. Outro pensamento que veio em mente dele, é queserá que a irmã sabe de alguma coisa, será que ela está tentando de algum modome chantagear, depois de respirar um pouco pensou apesar da irmã dele amar-seele, se me descobri que o irmão dela está envolvida em algum assassinato elanão hesitaria em chamar a polícia, ela o ama, mas nem tanto. 

   – O que foi irmão? – Perguntou a Carina. 

   – Nadanão. 

   – Qual Le foi uma perguntasimples, você saiu ou não com uma fã. 

Segredos sinistroLeia esta história GRATUITAMENTE!