Cap-32

5K 247 21

Marina
Já se passaram mais ou menos um mês que estou aqui e nada muda.

Hoje eu acordei com uma boa impressão do dia e agora eu acredito no meu sexto sentido.

Frederico
Eu não aguento mais tanto choro da Marina.

Estou pensando em desistir e largar ela por aí até quewu celular toca

--Alô?

--Frederico eu desisto, desisto de tudo. Não aguento mais tanta ignorância do Miguel. Acho melhor ele ver logo essa lambisgóia dele pra ver se melhora.

--Eu te entendo. Vamos no campo perto da estrada e da um jeito de levar ele que eu levo Marina. Rápido. Te encontro lá em uma hora.

Desligo antes dela falar e vou no quarto de Marina.

--O que você quer?-- ela fala com raiva

--Vamos dar uma volta. Você precisa de sol. Está amarela!

--Eu não vou a lugar nenhum com você!

--Você vai gostar. Adianta, não tenho o dia todo!

Saí pra deixar ela se vestir.

Miguel
Acordo com Amanda fazendo zoada dentro do quarto.

--Da pra calar a boca?

--Não porque nós vamos passear

--Não eu não vou

--Não me faça usar a força Miguel. Você vai gostar.

--Eu falei que não vou, então não vou.

--Se não vem por bem, vem por mal.

Ela chama uns caras eu até tento sair, mas não deu, se eu sou grande esses dois são gigantes. Eles conseguem me segurar, mas eu não vou facilitar. Tento me soltar e não presto atenção quando Amanda chega com um pano e coloca em meu rosto fazendo eu sentir um cheiro forte e em seguida eu apago.

Marina
Estamos em um campo aberto seria mais bonito se não fossem as circunstâncias.

--Já era pra ela estar aqui-- falou Frederico

--Ela quem?--pergunto dentro do carro

--Você vai ver

Ele saiu do carro e ficou encarando o nada até que vejo um outro carro parar  mais distante de onde Frederico estava

--Finalmente--ele gritou erguendo os braços

Uma mulher desce do carro e vem até ele, vejo que é Amanda, será que ela está com Miguel?  Desço do carro e vou em direção onde eles estão.

--Querida quanto tempo!-- ela fala com total falsidade

--Onde está Miguel?

--Marina não era pra ter saído do carro-- Frederico fala

--Não importa! Eu quero saber onde está meu marido.

Nesse instante eu vejo dois homens descerem do carro segurando Miguel.

--MIGUEL--eu grito e tento correr, mas Frederico me segura--Me solta-- tentoe soltar, mas não consigo--MIGUEL

--Para com isso ou eu vou te levar de volta pra minha casa.

--Não, não vai eu vou embora com meu marido pra minha casa.

Nesse momento Miguel acorda e fica desnorteado por um tempo.

--MIGUEL-- eu grito com toda força que tenho ainda tentando me soltar do aperto de Frederico

--MARINA--ele começa a se debater também e consegue se soltar ele corre de encontro a mim e eu também consigo me soltar e vou de encontro a ele

Quando estamos perto o suficiente ele me abraçar forte e eu retribuo na mesma intensidade.

--Meu amor senti tanto sua falta-- ele fala depois que se separa um pouco de mim e alisa meu rosto

--Ah Miguel eu não me aguentava mais de saudades

Ele ri e me beija

--Eu te amo-- falo entre o beijo e ele sorri

--Eu te amo muito-- fala e começa a espalhar beijos por todo meu rosto-- amo, amo, amo-- dizia e eu só sabia sorrir estou tão feliz

--Como vamos sair daqui?-- pergunto olhando em volta e percebendo que não tinha mais ninguém por perto.

--Não sei, mas vamos dar um jeito, agora eu só quero matar a saudade que eu estava sentindo de você

--Eu senti tanta falta de você, do seu cheiro, dos seus beijos e de tudo mais. Te amo-- falo lhe beijando

--Te amo muito meu anjo

Depois de nosso momento de reencontro, fomos pra estrada que tinha perto do campo e ficamos andando sem rumo, até que vemos um posto de gasolina.

--Bom dia, que lugar é esse?-- Miguel pergunta ao moço

--Aqui é a estrada que liga São Paulo e Osasco

--E você sabe se algum desses motoristas vão pra São Paulo?

--Tem um que vai, ele tá bem ali-- ele falou apontando-- pode ir falar com ele

--Obrigada-- ele falou e me puxou pra ir falar com o outro homem--Bom dia, o senhor pode nos dar uma carona até São Paulo?

--Claro, essas estradas podem ser bem solitárias às vezes

--Obrigado senhor...

--Pode me chamar de Messias, você se parece com meu filho. Então vamos?

--Vamos-- ele respondeu o homem é depois se virou pra mim-- Vamos pra casa meu anjo

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

Mais um cap pra vcs meus amores! Então né esse em especial é para uma leitora que faz aniversário hoje! Eternally1000 Parabéns linda, que Deus te abençoe todos os dias de sua vida e te dê muitas e muitas felicidades 🎊🎊
Beijos e abraços bem apertados.
Téèh ❤💕

Casamento Forçado Leia esta história GRATUITAMENTE!