Cap-30

6.6K 252 22

Três semanas depois...
Amanda
Já se foram três semanas desde a viagem deles. TRÊS SEMANAS. Eu não aguento mais, preciso ficar com Miguel, aquela megera não vai tirar ele de mim não mesmo. Por isso decidi me aliar a Frederico, afinal de contas, não tenho nada a perder. Pelo contrário só a ganhar!

--O que está fazendo?--perguntou Frederico da porta do quarto. Estamos na mesma casa por enquanto.

--Nada. Só pensando em como vamos fazer isso dar certo.

--Relaxa. Eu consigo tudo pra nós. Você só precisa achar o lugar em que vai colocar ele.

--Isso eu já sei. Não é muito longe da cidade, mas é um lugar bem afastado. E você trate de deixar a coisinha longe da polícia.

--Não a chame assim. E pode deixar ela nem vai ter chance de abrir a boca.

--Ótimo.

Marina
Eu estava amando tudo aqui, mas temos que voltar.

Fizemos as malas e fomos pro aeroporto.

--Está tudo bem Marina?

--Sim. Só estou triste porque queria ficar mais tempo por aqui.

--Eu também anjo, mas não dá!
--Eu entendo, mas vamos voltar outras vezes né?!

--Claro! Vem encosta aqui.

Me encostei em seu peito e entramos no avião. Estávamos voltando pra casa!

Chegamos e nossos pais estavam lá, tive uma sensação estranha, mas não liguei. Fomos jantar e depois pra casa finalmente descansar.

--Ainda bem chegamos. Vou tomar banho.

--Espera eu vou contigo--disse Miguel com um sorriso travesso no rosto.

--Se me alcançar--falei e saí correndo

Ele conseguiu me alcançar e tomamos banho depois fomos dormir. Eu estava mesmo cansada.

Miguel
Acordo mais cedo e desço pra fazer o café da manhã.

Volto pro quarto e ela ainda dorme.

--Bom dia anjo--falei beijando seu pescoço e rosto

--Me deixa dormir. Hoje é domingo. Vem deita aqui e dorme também--ela agarrou meu pescoço me fazendo deitar ao seu lado.

--Mas vamos aproveitar o dia meu amor

--Então dormir é um bom jeito de aproveitar

--Eu trouxe café da manhã pra você

--Sério?

--Sim

Ela levanta e vai comer e eu fico olhando.

--Não vai comer?

--Ah sim, vou.

Terminamos e saímos. Fomos a um clube que eu ia quando era guri e tá tudo do mesmo jeitinho.

Ficamos lá um pouco. Depois fomos a casa dos pais dela e a noite eu ia levá-la pra jantar.

--Anjo se arruma que vamos sair

--Pra onde?

--Surpresa

Marina
Eu estou muito curiosa. Visto um vestido nem muito arrumado nem muito desleixado.

Desço as escadas e Toby vem ao meu encontro.

--Oh mamãezinha-- falei e ele ficou pulando

-- Está linda senhora--falou Miguel em tom de brincadeira 

--O senhor também não está nada mal--respondi entrando na brincadeira também

--Obrigado. Agora podemos ir?

--Claro.

E saímos eu estava amando tudo isso. Mas ainda tinha uma sensação de que a qualquer momento poderia dar tudo errado. Afastei esses pensamentos quando chegamos no restaurante.

--Bom, o que vai querer senhora?

--O que o senhor me recomenda?

--Que tal uma lasanha a moda da casa?

--Acho uma ótima ideia.

Ficamos conversando bastante enquanto comíamos e foi muito bom. Estávamos nos conhecendo cada dia mais e quanto mais o tempo passava eu não queria está em outro lugar que não fosse ao lado dele.

Frederico
Era a nossa chance. Eles estavam distraídos e seria a melhor hora pra agir.

É Marina, hoje você vai conseguir se livrar desse encosto que é o seu marido e vai conhecer um homem de verdade.

Miguel
Nós saímos e fomos em direção ao carro, que estava um pouco longe.

--Aí eu tô tão cansada-- Marina falou e encostou no carro

--Então vamos logo pra casa-- falei e a abracei

--Vamos--falou e me deu um beijo e depois outro e outro e outro.

Até que um carro preto para e dele desce dois homens de capuz preto. Eles me pegam pelos braços e me puxam eu tento a todo custo me soltar, mas não dá. Vejo Marina desesperada

--MIGUEL. POR FAVOR SOLTEM ELE.

--Não gatinha ele vai com a gente

--Me soltem-- falei me debatendo até que consegui me soltar e abracei Marina. Veio mais dois homens e tiraram ela de perto de mim

--NÃO... MIGUEL SOCORRO--ela gritou, mas os outros homens já tinham me agarrado de novo.

--ME SOLTA....  MARINA VAI FICAR TUDO BEM.... EU TE AMO NUNCA ESQUEÇA ISSO

--EU TAMBÉM TE AMO MUITO MIGUEL. MAS EU TÔ COM MEDO

--Vai ficar tudo bem meu anjo.

Neste momento eles colocaram alguma coisa pra ela cheirar e ela desmaiou. Eles a pegaram e colocaram em um carro e foram embora. Eu tentei me soltar, mas eles me apagaram também.

Marina
Apavorada é como estou agora. Não quero abrir os olhos e ver que tudo o que aconteceu foi verdade.

Meu Deus. O que vai acomtecer comigo? E Miguel? Será que está bem?

Medo.

É só o que sinto agora.

Continua......


















Hey peoples!!!!!  Mais um fresquinho pra vcs.
Bjos e até o próximo cap!
Comentem o que acharam!
Bye
Teeh 💕😍

Casamento Forçado Leia esta história GRATUITAMENTE!