Capitulo 5- O novo

1.8K 186 27
                                                  


Não me julguem por esse capítulo por não ter o T nele, mas é parte da trama .....
Boa leitura.... comentem e curtam o capitulo.  Beijocas da autora que ama vcs.

Ahh não!

È so o que me faltava, , Chuva.

Olho pela janela e lá está ela não fazendo a menor questão de para.

Daqui da onde estou, em minha cama provisória e por sinal super aconchegante, com um edredom que cobre ate o meu nariz, posso enxergar os pingos de H2O que se colam e escorrem no grande vidro desse quarto.

E eu só a observo com raiva e preguiça ao mesmo tempo.

Bom pelo jeito os planos que tinha feito com Adam foram literalmente por água a baixo. Bufo de raiva, não mexendo um músculo em baixo do casulo quentinho.

Depois do telefonema que me tirou a paz, não tentei pensar mais em T, não quero pensar mais nele.

Chega. - escutou – C-h-e-g-a.

Tento tatuar essa pequena palavra em minha mente ou no meu coração.

Eita, eu sou muito difícil de ser tatuada.

Mas eu tenho que digerir essa palavra, repito mais uma vez em minha mente

CHEGA.

ACABOU.

Agora será assim, se ele não me contar o que tanto o faz ficar arredio para que eu possa entendê-lo, não quero mais participar desse romance, onde só eu me dou e ele só me da patada.

Eu sei que irei me ferir, e sei mais ainda que não resistirei algumas vezes, mas se para isso eu preciso sofrer mais que já sofro, sofrerei, pois sei também que só assim o terei todo para mim.

E aquela ligação de sábado a noite me deixou muito, mais muito confusa, apesar de ter sido eu quem o procurou.

Então depois do episódio o meu coração se apertou ainda mais, de raiva e de medo, como ele poderia desconfiar que estou a procura de respostas?

Ou será que ele só jogou o verde como sempre faz?

Que se foda, afinal eu estou a fim de receber resposta e não vou me importar se ele um dia descobrir o porque de minha vinda.

No fundo tenho medo que não me desculpe, porém T deve mais desculpas a mim do que eu a ele.

Hoje depois de ficar fazendo milhões de perguntas sei que não tenho as respostas e isso me corroí, e pior de tudo isso é que fui eu quem se humilhou, que correu atrás do maldito.

Mas Cath, ele ligou para você antes também.

Coloco minha mão na testa e tento processar tudo, saio de meu casulo e com essa guerra dentro de minha cabeça ,eu me sento e preguiçosamente pego o meu celular vendo que horas são.

-Meu Deus já são dez e meia e eu ainda estou dormindo.

Aprendi a falar sozinha esses dia. Que legal. À solidão me ensinou a conversar comigo mesma.

Como de costume corro no aplicativo do tempo, vejo que hoje o dia está condenado, chuva o tempo todo e uma temperatura que não passara das doses graus.

Fodeu.

Já estou ficando sem opção de roupas de inverno.

Suspiro, percebendo que não posso mais demorar para ir as compras, mesmo que seja sozinha.

Não!

Agora tenho um amigo..... Adam pode me ajudar com isso.

É! o dia pode não estar tão perdido, posso ir as compras com ele em vez de ir ao Empire State.

Amor Intenso ( Degustação )Onde as histórias ganham vida. Descobre agora