22- QUEM É HUGH EVERETT?

455 59 21

Brasil, Curitiba, ano de 2013   

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Brasil, Curitiba, ano de 2013   

Então Einstein estava errado quando disse: "Deus não joga dados". A consideração dos buracos negros sugere não apenas que Deus joga os dados, como que às vezes nos confunde, jogando-os onde eles não podem ser vistos.

Stephen Hawking

Por que Hugh Everett havia me escolhido? Por que eu? Faltavam muitas explicações. Quem era Hugh Everett? Essa encomenda de mudar o mundo se transformara em um fardo gigantesco. Eu não podia mais ser um mero pesquisador, um namorado atencioso, um aventureiro, minha função estava definida, tinha que ser o homem que iria mudar o mundo. Jesus Cristo também recebera essa incumbência e sofreu bastante. Eu estava na provável idade em que Cristo começou suas andanças, e mil tormentos me surgiam. Com certeza eu não tinha as virtudes necessárias para tal missão.

Acho que todo mundo um dia teve o desejo de mudar o mundo. As pessoas vivem confabulando o que deveria ser melhor, como as coisas deveriam ser. Mas garanto: a tarefa é bastante pesada e não deveria ser tão desejada. Ninguém muda o mundo sozinho, porém, com as informações que tinha poderia organizar um plano eficiente e me unir com as pessoas certas. Não precisava necessariamente contar o que sabia para meus colaboradores, poderia manipular as situações para gerar os resultados que queria. Meu plano era escolher algumas pessoas de inteira confiança e aos poucos revelar meu plano e dividir as responsabilidades. Não poderiam ser muitas pessoas, em princípio, chamaria apenas Mariana e Scarface. Seríamos a cabeça de uma instituição que aos poucos traçaria o futuro do mundo. Tratava-se de um grande jogo de xadrez. Foi o que fiz. Foi o que fizemos.

Como fazer os maiores líderes mundiais entrarem em um acordo, seguindo nossa cartilha? Ângela Merkel, Barak Obama, Vladimir Putin e Xi Jinping unidos para um mundo sustentável e mais humano. Complexo.

Como fazer a miscelânea de religiões existentes entrarem em harmonia? Como controlar e até mesmo extinguir o radicalismos religioso? Como apaziguar e trazer harmonia para as tribos africanas, tão variadas e cheias de paradigmas? Complexo.

Toda vez que pensava na imensidão do problema meu estômago imediatamente borbulhava, formando novas úlceras. Por que um garoto ingênuo, tranquilo, tímido (hoje nem tanto) e sonhador deveria ter esse cargo? Achava que havia recebido uma maldição. Agora tenho certeza disso.

Eu era inteligente, sabia de algumas coisas, mas meu currículo era ridículo para ser designado para mudar o mundo.

Minha hipótese era que Hugh Everett havia vindo do futuro, pois só assim teria aquelas informações. Como havia ficado sabendo sobre mim? O que eu realizaria no futuro que chamou a atenção dele? Ele estava sozinho, ou fazia parte de um grupo? Como eu poderia realizar algo que fosse chamar a atenção dele se agora o meu destino não seria o mesmo? O ciclo não se fechava, não fazia sentido. O destino de todos seria alterado. O destino existe?

Uma Encomenda para um Novo MundoLeia esta história GRATUITAMENTE!