Capítulo Onze

11.3K 776 122


Por Lara...

Eu e o Gabriel agora estamos deitados na cama olhando para o teto, ele mexia as penas cruzadas constantemente de um lado para o outro, com as mãos entrelaçadas atrás da nuca. O movimento das suas pernas balançando freneticamente estava me dando agonia.

- Como você idealiza o nosso futuro meu amor? - o mesmo quebrou o silêncio fazendo uma pergunta nada esperada por me.

-Ah meu anjo, a gente estando juntinhos para me está ótimo. Mas... E você?

-Espero que a gente tenha um monte de guri, tipo uns dez sabe. Quero a casa bem cheia, ai sim... vou está super feliz.

- Então quer dizer que agora, só comigo você não está feliz? É isso mesmo Gabriel? - falei fazendo beicinho.

-Ah meu amor. Você não sabe o tamanho da minha infelicidade por está ao seu lado aqui agora - dei um leve tapa em seu peito.

- Seu bobo!

Ficamos mais um pouco deitados, cansados pela exaustão da semana de trabalho. Depois fomos passear de lancha, que foi um lindo passeio. Mat não estava com uma cara legal que percebi que era por causa da Lu, que estava fingindo que estava tudo numa boa com uma cara de paisagem e ficava só de papo com minha mãe ignorando totalmente a presença do mesmo, que ficava puto.

Resolvemos voltar para preparar o jantar; eu, a mamãe e a Lu iríamos cozinhar, já que mamãe disse que iria fazer um divino estrogonofe que tanto amo. Ajudamos com o tempero e tudo mais, os meninos foram escolher um vinho digno da ocasião.

Enfim, estava em família e transbordando de alegria.

#

O final de semana foi ótimo, mas a gente já está arrumando tudo para partir de novo para o rio, o que me deixava muito triste. Esse lugar aqui é maravilhoso, chegando aqui não dá mais vontade de ir embora.

- Já está tudo no carro Lara, vamos logo.

- Estou indo vida.

Gabriel arrumou as malas no carro e entramos voltamos para o Rio.

#

Chegamos em casa depois de um longo engarrafamento cansativo; Gabriel foi direto para empresa. Me encontrava me arrumando para passar na construtora, a Agatha falou que houve um probleminha e tenho que dá uma passadinha lá.

#

A

gatha narrando...

Vou votar meu plano em ação hoje. Sei que a Lara não iria vim para cá hoje. E então liguei para o Gabriel dizendo que a Lara queria falar com o mesmo urgentemente, e ele caiu feito um pato, disse que estava vindo rapidamente. Após, liguei para Lara dizendo que ela tinha que vim resolver um probleminha.

Estou a espera do Gabriel, que não demorou a chegar. Estava esperando o mesmo na sala da Lara, estava com uma saia curtíssima social e uma blusa rosa bebê social com os três primeiros botões abertos. O mesmo adentrou a sala e percorreu o olhar em toda a sala.

-Cadê a Lara Agatha? Você disse que ela queria falar comigo - o mesmo disse ainda na porta.

Fui com passos estratégicos até a porta atrás do mesmo e fechei a porta. Alisei as costas do mesmo.

Eu E O Melhor Amigo Do Meu irmão [EM REVISÃO]Leia esta história GRATUITAMENTE!