Prólogo

10.3K 608 81

Eu já tinha começado a postar esse livro a algum tempo, mas nunca terminei. Agora, ele será postado até o final. Foi reescrito, e está lindo. A trilogia Destino foi meu segundo trabalho, escrevi em 2014, e tinha deixado de lado por achar que não estava bom. Dessa vez ele está ótimo, e eu tenho certeza que você vai gostar.

A trilogia é composta pelos livros, Teu Destino, Meu Destino e Nosso Destino. Todos contam a história do mesmo casal. A jornada dos dois é romance, é sexo, é ação, é drama. Arrisco a dizer que o livro mais trabalhoso que já escrevi, e que mais me marcou. É uma parte de mim que vocês ainda não conhecem, mas espero que gostem.

Bem, vamos lá? Postarei duas vezes na semana, sem dias exatos.

Por favor, vá comentando ao decorrer, porque estou ansiosa com a opinião de vocês.

Beijos!

***

                  

Alexander

Cansado, confiro novamente as horas e vejo que Douglas está mais de vinte minutos atrasado. Ele sabia que o assunto era importante, e eu o alertei de que não iria tolerar atrasos.

Eu simplesmente odeio esperar. Não suporto pessoas que se atrasam em seus compromissos. Considero uma grande falta de educação –coisa que não suporto- alguém deixar-me esperando quando tenho milhares de coisas para fazer.  Desde que comprei essa empresa há quatro meses, não tenho feito outra coisa a não ser colocá-la nos eixos. O negócio foi relativamente fácil. O antigo dono estava desesperado para desfazer-se de uma empresa pouco rentável, e eu queria investir no ramo petrolífero. New Orleans tem sido um grande polo industrial desde a passagem do Katrina, onde toda a cidade foi desestruturada. Eu apenas comprei uma empresa mal administrada e fiz o que melhor sei fazer: Transformei-a.

Meu celular vibra em meu bolso. Olho rapidamente e noto que há uma mensagem de Kate me convidando para jantar. Ela sempre faz isso, primeiro começa com um simples e inocente jantar, para depois terminarmos enroscados nos lençóis de algum hotel.

Sorrio ao pensar no que posso fazer com ela hoje à noite.

Abro a caixa de textos e digito uma resposta. É claro que estou disposto a sexo fácil e sem mais envolvimentos. O sim chega até Kate, que responde rapidamente, desesperada por atenção: "Estarei esperando às nove no lugar de sempre."

É claro que ela vai estar. É fácil ter Kate em meus braços. Na verdade, não preciso de muito esforço já que ela mesma se oferece para isso. Ela é quente e atende todas minhas exigências prontamente, assim como Ellen, Andrea e tantas outras.

— Senhor Alexander, Douglas Wollfang está aqui. –Amber, minha secretária me avisa.

—  Mande-o entrar. –Eu digo ajustando-me em minha cadeira.

Menos de um minuto depois, Douglas entra em minha sala sorrindo entusiasmado. Ele tem sido meu advogado desde que comecei a negociação de compra dessa empresa e preciso admitir o quanto ele está me ajudando. Acabei decidindo contratá-lo devido as recomendações de alguns amigos que já tinham usado o serviço dele.

— Alexander, como está? –Ele me oferece a mão em um cumprimento amigável.

— Ótimo, e se me permite dizer, você também parece muito bem. –Eu comento enquanto ele se senta. Sei que pode parecer desumano, mas algo que aprendi muito cedo é que um elogio abre portas, por mais falso que ele seja. Questão de sobrevivência.

— As coisas não poderiam estar melhores. Mas, suponho que você não me chamou aqui para falarmos sobre os prazeres da vida, estou certo?

— Você sabe que não. –Respondo seco.

Teu DestinoLeia esta história GRATUITAMENTE!