Nota Inicial

10.6K 628 180
                                                  

** História retirada temporariamente para revisão***

Olá, galerinha!

Eis que eu chego com o meu mais novo xodó, Psicologia do Amor.

É uma chick lit levinha e humorada que nasceu enquanto eu escrevia Fisiologia do Amor (se você ainda não conhece essa história é só ir na minha biblioteca e se aventurar nela).
 
A Marina era uma personagem secundária de lá que tomou vida própria. Espero que possam curti-la assim como eu. <3

Uma história não depende da outra para ser lida, porém, pode ter pequenos spoilers do que aconteceu em FDA.

Espero que amem essa história! A Marina tem um pouquinho de cada uma de nós e trata assuntos bem legais.

Antes de ler, só peço a seguinte atenção:

- A história, assim como em fisiologia do amor, aborda alguns assuntos científicos, mas lembrem-se, também é ficção. Sou farmacêutica e meu Mestrado é em Ciências, entretanto, não sou psicóloga. Este foi um dos motivos de eu escrever com uma personagem estudante. Pesquisei, tenho buscado me orientar com pessoas da área, mas não exijam que eu descreva alguma consulta psicológica formal aqui na história porque não vai ter e nem é o meu objetivo.

- Se alguém chegou aqui esperando por isso, não terá, porém, se querem uma história para rir, se divertir e meditar, fiquem à vontade e deem uma chance para PDA.

- Vocês possuem todo o direito para opinar, sugerir, etc, só peço que não venham com críticas negativas a respeito disso, por isso já estou esclarecendo desde já.

Vou amar ter vocês comigo nessa nova empreitada!

Amem, se deliciem, riam, fiquem com raiva, arranquem os cabelos e divirtam-se! Não sei o que vai sair, mas vamos navegar juntos nessa minha nova aventura!

Boa leitura, pessoal ♡

Boa leitura, pessoal ♡

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.
Psicologia do Amor [ RETIRADA]Onde as histórias ganham vida. Descobre agora