Capítulo 29 - Desespero nas veias

525 58 231


Sem mais delongas, vamos ao capítulo. Se delicie e prestem atenção nos detalhes 😘
Aqui vai um dos capítulos mais importantes de Gotas, onde a maioria dos mistérios será desvendado.  💙
***

" O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?"
Salmos 27 : 1

" O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?" Salmos 27 : 1

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Mathias narrando

O meu coração petrificado jamais esteve tão sensível. Ele começa a retirar as camadas de longos anos os protegia, sem sentir algo além de raiva. O desespero toma conta do meu corpo como nunca houve. As horas estão se passando e isso é um perigo.

Teve um momento nessa noite que esqueci completamente de tudo. Onde a vi dançando com toda a sua beleza e doçura. Não entendo muito bem de dança, mas não precisava de muito para perceber o quanto a música fazia parte dela, o quanto ela nasceu para fazer isso. Meus olhos ficaram vidrados em cada movimento seu. Confesso que tudo o que vi tocou aquele que é chamado de coração, o que talvez acredito ter um que não seja fácil alcançar. Prestei atenção em cada detalhe e realmente foi incrível.

Confesso que sou teimoso, mas nunca vi alguém ser tão teimosa quanto eu ou mais. Essa é Samara, que está ao meu lado, toda perfumada com aromas doces e notas cítricas em sua composição muito delicioso de inalar, me faz lembrar o cheiro que espalha das flores molhadas pela chuva, que há alguns minutos a vi dançar com outras meninas. Há todo o momento olho para o relógio, preocupado com a meia noite chegar. Mas antes disso preciso ter certeza que ela estará segura.

Vejo sua mãe andar pelo corredor da igreja em direção ao rapaz que perguntou quem queria aceitar a Jesus. Não sei como isso funciona direito, lembro que minha mãe sempre insistia que fizesse isso, mas nunca quis. Lembrar dela não é muito bom, sempre me sinto desprezível pela culpa do que aconteceu com eles. Pelo que entendi ela aceitou a Jesus. Me sentir um pouco estranho, como se algo me forçasse a ir também, mas não tenho motivos para isso. Nem me vejo sendo um crente, como são chamados. Nunca foi o meu objetivo. Talvez nunca será.

O que ouvir nessa noite me foi convincente, mas algumas coisas não. Eu achei confuso e indeciso. Mas há uma pergunta que martela em minha mente: Será que esse Jesus me aceitaria mesmo eu sendo dessa forma medíocre? Penso pois... Mas o que estou pensando mesmo? Afinal, meu foco em está na igreja hoje é exclusivamente a proteção de Samara. E só! Essas coisas de crentes são muito loucas mesmo, entrar em nossa mente sem nem percebermos.

Todos esses pensamentos foram no breve segundo em que a mãe dela caminha no corredor da igreja. Olhei para Samara ao meu lado e a vi chorando, emocionada, de repente ela se remexe no banco, pega seu celular e ver uma mensagem. Infelizmente não consegui ler. Logo seu corpo enrijece e isso me preocupa.

Gotas de um desafio [REPOSTANDO]Leia esta história GRATUITAMENTE!